Atualizado em: 16 setembro 2011

IPI aumenta para carros importados

O aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados de carros importados visa melhorar a competitividade do produto brasileiro e estimular a produção dentro do país. Saiba mais detalhes sobre o aumento e quando entrará em vigor.

Com o aumento de vendas de carro crescendo, o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) de carros importados também vem crescendo.

Fabricação aumenta e IPI também

Na ultima quinta-feira (15/09) foi divulgado pelo governo um aumento de 30 pontos percentuais no IPI de carros importados  ao Brasil de fora do Mercosul. Essa nova medida interessa e muito as montadoras de veículos donas de fabricas no Brasil como Fiat, Volkswagen, General Motors e Ford, que são montadoras donas de 70% das vendas. A decisão do aumento do IPI foi decidida desde o mês passado, mas faltava acertar alguns índices e exceções.

publicidade:

O anuncio do aumento do IPI foi realizado em conjunto pelos ministros da Fazenda, do Desenvolvimento, da Indústria, Comércio Exterior, de Ciência, Tecnologia e Inovação. O aumento do IPI irá acontecer, menos para montadoras que, entre outras coisas, façam investimento local em tecnologia, usando 65% de componentes feitos no Mercosul. Além disso, as montadoras terão que cumprir pelo menos seis das onze etapas de produção no Brasil, como pintura, estampagem, entre outros.

Com esse aumento, carros vindo de fora do Mercosul irão pagar um preço maior de impostos e essa penalização irá ter como principal alvo as montadoras chinesas.

Objetivo do Aumento do IPI

De acordo com o governo, o objetivo do aumento do imposto a carros importados é melhorar a competitividade do produto brasileiro e estimular a produção dentro do país. O novo aumento entrará em vigor a partir desta sexta-feira (16/09) e valerá até final de dezembro de 2012. O aumento do imposto irá ocorrer em carros de passeios, ônibus, caminhões, tratores e carros comerciais leves.

Esse aumento também irá proteger o mercado automotivo brasileiro da concorrência de carros importados, que crescem cada dia mais. Dados da Abeiva afirmam que, no acumulado de vendas até o final de agosto, foram emplacados 129.281 veículos importados ao Brasil de fora do Mercosul, uma alta de 112,4% sobre o total de 60.868 unidades no mesmo período de 2010.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook