Atualizado em: 6 junho 2012

Sotaques Gaúchos

A miscelânea brasileira apresenta o seu arsenal de sotaques com destaque para a região Sul que possui algumas maneiras diferentes de falar.
Você Sabia?
Se denomina gaúcho aquele ser nascido no estado do Rio Grande do Sul, mas o termo é corretamente empregado quando se refere a todas as pessoas nascidas na região Sul do Brasil, que abriga os estados, além do já citado, também o Paraná e Santa Catarina.
Sotaques Gaúchos

Assim como no Brasil inteiro os gaúchos também possuem sotaques diferentes. (Foto: Divulgação)

O Brasil é um país de muitas culturas, de várias manias, um lugar onde as pessoas falam de formas diferentes a mesma língua portuguesa que se aprende na escola, a única coisa que difere entre elas nesse quesito é o sotaque, um que vale a pena notarmos é o gaúcho.

A população nascida na região Sul fala diferente daquela que nasceu e habita no Sudeste, por exemplo, isso se dá devido à migração de pessoas que surgiram de vários lugares e “emprestaram” o modo de falar aos outros.

publicidade:

Se formos analisar a época em que os portugueses estiveram no Brasil é fácil perceber o quanto de sotaque adentrou este país, os colonizadores vinham de várias partes de Portugal, entre elas: Lisboa, Porto e Alentejo e cada grupo falava de um jeito.

É nesse período que acontece uma interferência notável na maneira como todo mundo fala a mesma língua, porém com sonoridade diferente.

Os sotaques gaúchos são cantados, arrastados, os sulistas costumam usar os famosos e até usados por que não é de lá, por exemplo, “Baah” “Tchê” “Tri Legal” “Barrbaridade” “campiáa” “devagaarr” e assim por diante.

De estado para estado – Mudança de sotaque

Dependendo do estado em que você estiver na região Sul do Brasil os sotaques podem varias, usaremos como exemplo os habitantes de Porto Alegre, por lá eles pronunciam o ‘r’ com mais força.

Andando pelas ruas de cada localidade é possível perceber pequenas diferenças, mas na realidade todos esses sotaques sofreram influência de inúmeros locais, portanto sempre haverá alguém falando diferente de você.

Assista a reportagem

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook