Atualizado em: 28 janeiro 2011

Santo São Sebastião

São Sebastião foi um santo cristão originário de Narbonne que foi morto durante uma perseguição. Era uma soldado que se alistou no exército romano com a intenção de ajudar os corações dos cristãos, que estavam fracos, devido as torturas que sofriam. Foi designado Guarda pessoal dos imperadores Diocleciano e Maximiliano, pois era muito querido deles e eles o queriam bem próximo.

publicidade:

Devido a sua atitude com os cristãos, sua conduta que era branda, levou o imperador a julga-lo como traidor, e recebeu ordem de execução por meio de flechadas. Após isso, São Sebastião foi dado como morto, porém não havia morrido, ele foi socorrido por Santa Irene e se apreentou para o imperador a Diocleciano, que ao vê-lo o condenou novamente a morte, dessa vez ordenou que o espancassem até a morte. Seu corpo foi jolgado no esgoto de Roma, porém foi resgatado por Santa Luciana, que o limou e o sepultou como ele merecia.

Sua morte e o bárbaro método que utilizaram como execução, faz de São Sebastião um tema da arte medieval. É mostrado como um jovem amarrado e perfurado por várias flechas, mais precisamente por três setas, uma em pala e duas em aspa, que constituem o seu símbolo heráldico.

São Sebastião é conhecido como um santo que foi muito generoso ao consolar os corações sofridos dos militares do exército romano. Porém, foi tido como traidor, por fazer o bem a quem eles julgavam merecer o mal.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook