Atualizado em: 9 março 2011

Microsoft quer matar o Internet Explorer 6

Capturar

Há 10 anos atrás nasceu um navegador, diz o site IE6 Countdown to Death da Microsoft. O nome dele era Internet Explorer 6. Agora estamos em 2011, em uma era de padrões modernos da web, é já passou da hora de dizer adeus.

publicidade:

O uso mundial do Internet Explorer 6 ainda representava, em fevereiro, cerca de 12 por cento, caindo um pouco em relação ao ano anterior, mas ainda mantendo uma proporção muito elevada,  o que não é bom devido aos riscos de segurança associados à utilização deste antigo navegador.

Nos Estados Unidos, o uso do IE6 é de apenas 2,9 por cento, mas o navegador de dez anos é usado por mais de um terço de todos os usuários na China, um quarto dos usuários na Coréia do Sul , e mais de 10 por cento dos usuários de países como Japão, Taiwan, Arábia Saudita e Índia. As estatísticas publicadas no site “IE6 Countdown to Death” mostram o estado atual do uso de navegadores na Web.

Alguns usuários que executam o Windows XP pirata não atualizam para os navegadores mais recentes por medo de que poderiam enfrentar o controle de licenciamento da Microsoft. Mas muitas empresas, incluindo as da América do Norte, têm razões legítimas para continuarem usando o Internet Explorer 6, devido a aplicações construídas especificamente para o navegador. Os usuários do Windows XP podem atualizar para o IE7 ou IE8, e os usuários do Windows 7 podem optar pelo IE9.

Chrome e Firefox também são amplamente utilizados como alternativas para o navegador Microsoft Internet Explorer.
O objetivo da Microsoft é reduzir o uso do Internet Explorer 6 para 1 por cento, dizendo que vai salvar os desenvolvedores web de lidarem com o trabalho extra.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook