Atualizado em: 2 fevereiro 2011

Holocausto Nazista – Resumo

Antigamente, a palavra Holocausto significava sacrificar animais e plantas, até mesmo seres humanos, em rituais para oferecer a entidades divinas. A partir do século 19, a palavra significava grandes massacres e grandes catástrofes, mas após a Segunda Guerra Mundial que o termo foi modificado e permanece até hoje como sinônimo de extermínio de milhões de pessoas que eram indesejados pelos nazistas, pessoas que era judeus, homossexuais, ciganos, militantes comunistas, entre outros. Era um regime nazista que foi fundado por Adolf Hitler, militante nazista da época.

publicidade:

Todos esses grupos indesejados pelos nazistas permaneceram em campos de concentração e de extermínio. Isso é relatado através de sobreviventes, fotos, textos e através de documentos deixados pelos próprios nazistas, registrando tudo de vários países. Atualmente, sabe-se que o número de mortos no Holocausto foram cerca de 17 milhões de soviéticos, 4 milhões de poloneses, 6 milhões de judeus, 5,5 milhões de alemães, 1,5 milhão de japoneses, 450 000 italianos, 396 000 ingleses, 292 000 soldados do norte dos EUA, 2 milhões de chineses e 1,6 milhão de iugoslavos.

Após essa barbaridade, o termo atualmente ainda é utilizado para descrever grandes massacres e tragédias, mesmo sendo ela antes ou depois da Segunda Guerra Mundial.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook