Atualizado em: 26 abril 2011

Google Maps criticada por mostrar favelas cariocas

A Google foi criticada por dar destaque às favelas cariocas no seu aplicativo online Google Maps, onde as tais apareceriam com maior destaque que os bairros.

google-maps-favelas-rioA empresa dona do maior motor de busca da Internet, a Google, disse nesta terça que a cartografia do Rio de Janeiro no Google Maps será atualizada depois de ter sido criticada por dar destaque às favelas brasileiras, principalmente por ser a cidade que sediará a Copa do Mundo em 2014 e receberá os Jogos Olímpicos de 2016.

GOOGLE SE DEFENDE

“A Google nunca pretendeu difamar o Rio, até mesmo porque quem faz os mapas é um carioca. O problema foi a falta de critérios para a informação, lançada no mapa sem hierarquia”, disse Felix Ximenes, diretor da empresa no Brasil.

publicidade:

Segundo a Google, há o firme compromisso de concluir as alterações no prazo de seis meses a um ano. Depois de concluído, o usuário “pode ​​ver as informações mais importantes em primeiro lugar, como o nome dos bairros, através de zoom, sub-distritos, com ruas e só depois aparecerão os nomes das favelas, segundo revelou Ximenes.

REPORTAGEM

Em uma entrevista publicada no fim de semana, o jornal O Globo informou que o Google Maps “do Rio era um conglomerado de favelas, dando maior destaque a elas do que aos bairros da cidade e ignorando alguns pontos turísticos importantes e áreas residenciais.

“Quem não conhece o Rio e quer tentar descobrir mais sobre a cidade usando esta ferramenta tem uma falsa impressão de que a área urbana não é mais do que um aglomerado de favelas”, diz o texto. Como sou carioca, posso falar de cadeira, pois a impressão que eu tenho é exatamente a de que o Rio de Janeiro não passa de uma enorme favela.

DADOS QUESTIONÁVEIS

As favelas do Rio de Janeiro ocupam 3,8% do território total da cidade, com 481 bairros e 144 complexos, de acordo com o Instituto de Urbanismo Pereira Matos (IPP), apresentadas no documento. Novamente este editor duvida dos dados apresentados pelos críticos da Google.

As autoridades do Estado do Rio de Janeiro, um dos países mais violentos em 2008 iniciaram uma corrida contra o tempo para pacificar a cidade e se preparar para receber a Copa de 2014 e Olimpíadas de 2016.

Até agora, mais de vinte favelas foram pacificados com a expulsão dos traficantes de drogas.

PERCEPÇÃO DESTE EDITOR

Para quem não mora no Rio, me perdoem dizer, a sensação que eu tenho como carioca, é a de um soldado andando dentro do território inimigo. Tenho que escolher bem o caminho para não passar perto das favelas ou nas áreas de atuação dos criminosos. Neste estado, ou somos governados pela milícia, traficantes ou por vagabundos, sem falar nos políticos bandidos e nos órgãos governamentais corruptos, a começar do mais alto escalão.

Esta história que o Rio de Janeiro é uma cidade maravilhosa é uma falácia. Lamentável, mas é verdade que só não é vista pelo pior cego, aquele que não quer ver.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook