Atualizado em: 16 julho 2010


Conjuntivite Canina


Os animais têm algumas manifestações de doença idênticas aos dos humanos.

Uma delas é a conjuntivite, que nos caso de cachorros, chama-se de conjuntivite canina, claro!

A Doença

A conjuntiva de um cachorro pode ser atingida por uma infinidade de tipos de poeira irritantes, que podem causar infecções ou não.

É uma mucosa profunda que quando sadia tem uma cor rosado.

Por ser transparente, a conjuntiva é fácil de mostrar quando há uma inflamação.

Sintomas

Três sintomas mostram quando o cachorro está com conjuntivite: a vermelhidão da mucosa, que se congestiona, a intolerância à luz ou fotofobia e o blefarospasmo, que faz o olho do cão piscar constantemente, fechando-lhe a pálpebra quase completamente. Tudo isso provoca um lacrimejar.

A conjuntivite é uma doença que causa dor e irritação no cão e deve ser tratada para não se tornar crônica.

Danos

A doença causa um edema, com inchaço da pálpebra, a quemose.

A mucosa toma, então, um aspecto aveludado brilhante.

Cachorro

De todas as raças, o Pastor Alemão é o mais propenso a ter conjuntivite.

As células, que intervêm na proteção imunitária da conjuntiva, multiplicam-se podem atingir um milímetro de diâmetro.

No caso da conjuntivite folicular propriamente dita, os folículos situam-se nas conjuntivas palpebral e globular.

Consulta

Para evitar que seu animal passe por este dano é sempre bom levá-lo ao veterinário para fazer uma consulta. Isto vai evitar que as lesões no seu cão, por causa da doença, sejam irreversíveis.

Sem contar que você não quer ver seu animal de estimação, querio, passando por um sufoco desse.

Então leve ao especialista e faça a prevenção.


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook