Atualizado em: 15 julho 2010

Card Sharing Grátis – Como Conseguir

Infelizmente Card Sharing é um serviço pago, por ser altamente especializado.

publicidade:

Mas para quem compra aparelhos Az America agora vem um código para usar o card sharing gratuito por 4 meses.

Para quem compra o adaptador Xlink para seus velhos aparelhos que só tem porta serial, também tem card sharing de graça por um mês.

Mas o preço de card sharing não parece ser caro.

Há soluções por aí, aparentemente bem estáveis, que estão cobrando R$10 por mês para você acessar todo e qualquer canal.

Procure nos fóruns especializados.

Apesar disso abaixo segue o que é e como funciona o Card Sharing.

O Card Sharing consiste em um único cartão pré-pago de TV por satélite que é compartilhado entre muitos decoders via internet.

Você tem que conectar seu decoder na internet (se não tiver conector de cabo de rede nele, terá que usar um adaptador xlink ou outro homologado para seu aparelho) e inserir informações para que ele se conecte no servidor de Card Sharing.

Ele é uma técnica que consiste em compartilhar um ou mais cartões codificados, geralmente de operadoras de T.V a cabo ou satélite, entre vários usuários utilizando uma rede de computadores, em especial a internet. Apesar de bem disseminado no continente europeu, seu uso está restrito ao underground hacker e é uma medida ilegal na maioria dos casos, utilizada para acessar canais de T.V por um baixo custo. Não se trata de um sistema em que são partilhadas as imagens ou o sinal de satélite ou cabo, mas apenas os dados de decodificação do cartão.

  • Funcionamento:

É possível através da conexão entre dois ou mais receptores ligados em rede. Em um dos receptores é colocado um cartão de uma determinada operadora, o primeiro equipamento funciona como receptor e servidor, lê os dados do cartão e passa-os para outro (ou outros receptores), fazendo com que este funcione como se tivesse também um cartão original. Na prática, permite que um só cartão de assinante “abra” o sinal noutros receptores que estejam permanentemente conectados através da internet ao receptor/servidor que tem o cartão original ou pareado. Os receptores podem estar conectados na mesma casa ou países diferentes.

  • Ameaça:

O Cardsharing representa a maior ameaça ao modelo atual de TV paga, sendo responsável por grandes prejuízos às operadoras e empresas que fornecem a criptografia utilizada nestes sistemas.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook