Atualizado em: 22 março 2012

Caneta “O Alquimista” por Montegrappa

A caneta "O Alquimista", teve uma grande referência para aqueles que já tinham se esquecido de um dos livros mais importantes da carreira de Paulo Coelho como escritor!
Você Sabia?
Desde muito novo, Paulo Coelho gostava de escrever e mantinha um diário. No colégio, participava de concursos de poesia e cursos de teatro. No entanto, seu pai queria que ele fosse engenheiro, e sua mãe desestimulava Paulo a seguir a carreira de escritor.
Caneta "O Alquimista" por Montegrappa

Foto Divulgação: (Caneta "O Alquimista"/ Paulo Coelho).

Dentre suas belas escrituras, Paulo Coelho desta vez não escreveu, mas sim, transformou algo em material, no qual as pessoas que gostam de ler e escrever vão poder usufruir do produto, estamos falando da Caneta “O Alquimista”, uma diferenciada caneta feita pela marca Montegrappa.

O lançamento

Paulo Coelho que durante muito tempo em sua vida, tornou-se o ídolo se muitas pessoas, ele realmente soube como cativar as pessoas que o admiram, no entanto, em sua estada na Itália, ele teve a brilhante ideia de lançar a Caneta “O Alquimista”, lançada na 25ª edição da Festa de São José, em Bassano del Grappa, a 70km de Veneza.

publicidade:

Em celebração aos 25 anos da 1ª edição do seu livro mais famoso, a caneta vai custar de 5 mil a 75 mil euros; a mais barata é em prata e a mais cara, em ouro e brilhantes. É uma edição limitada.

Veja também:

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook