Atualizado em: 7 maio 2012

O que é Abandono Afetivo

Conheça um pouco mais sobre o Abandono Afetivo, que trata algo no qual a pessoa não tem o carinho, afeto e o reconhecimento devido em relação a parte do parentesco.
Você Sabia?
O Abandono Afetivo não é apenas considerado quando a o pai ou mãe somem, é também quando não pagam a pensão e não acompanham o crescimento e a vida do filho(a).
O que é Abandono Afetivo

Pessoas acabam perdendo muito por não terem este reconhecimento afetivo, e sentem-se abandonadas por isso. (Divulgação)

Você sabe realmente o que é Abandono Afetivo? Esta é uma situação bastante delicada quanto à vida das pessoas, na verdade podemos dizer que se trata não somente de um descaso com as pessoas, mas sim uma falta de amor afetivo muito grande com alguém que faz parte da sua vida!

Entenda o Abandono Afetivo

De acordo com informações do STJ (Superior Tribunal de Justiça), a decisão de condenar um pai ao pagamento de indenização por danos morais ou melhor, por “abandono afetivo” está realmente abrindo outras responsabilidades do próprio estado em relação ao direto de crianças e adolescentes, algo muito importante a todos.

publicidade:

Na questão de Abandono Afetivo, as pessoas devem estar cientes que ao saber que serão responsáveis sendo pais e mães, devem buscar alimentar-se do total carinho e afeto a ser diferente dali em diante, demonstrado e dedicado 100% ao filho(a) e doenças como a depressão não sejam geradas aos filhos.

O Caso de Votorantim

Em Votorantim (SP), uma moradora de 38 anos tentou a todo o custo obter informações do pai, o procurou desde jovem, até que nada conseguiu, portanto, com o passar dos anos, ela resolveu fazer diferente buscanso informações sobre como poderia conseguir um reconhecimento do seu pai nem que fosse pela justiça. Sendo assim conseguiu e os ministros da 3ª Turma do STJ determinaram que ela receberia um valor de R$ 200 mil por ele não ter lhe dado assistência moral ou afetiva durante a infância dela.

De uma forma bem clara e resumida, o Abandono Afetivo tratasse disso, pois é algo no qual a pessoa não tem o carinho, afeto e o reconhecimento devido em relação a parte do parentesco. Esta, sem dúvidas foi uma decisão na qual muitos ainda vão querer tomar. Sabemos que não é fácil conviver com isso! Muitos na verdade nem imaginam o quanto é sobreviver sem um pai ou sem uma mãe, porém, se a lei entrar realmente como destaque, esta situação em muitos casos poderá ser mudada. O Fato é que seja no Brasil como no mundo, muitos deixarão de serem filhos sem pai ou sem mãe. – Clique aqui para saber mais sobre o caso!

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook