Modificado em: 14 julho 2010

Piadas muito engraçadas


Elas nos divertem. Nos matam de tanto ri e sem contar, a depender do teor, até motivam o raciocínio. Assim são as piadas ou anedotas como preferirem chamar.

Na verdade, pouco importa o nome quando o objetivo é arrancar dos ouvintes umas boas gargalhadas.

PIADAS

Piadas são pequenas histórias, de final engraçado e às vezes surpreendente, com a intenção de provocar risos ou gargalhadas em quem a ouve ou lê.

É um recurso de humor muito utilizado na comédia em termos de arte e também na vida cotidiana.

ESTUDOS

Apesar de serem bastante engraçadas, as piadas são levadas à sério e muito por algum grupo de estudiosos que desejam entender de onde partiu esta tendência de pegar fatos corriqueiros e transformar em boas titadas.

Até mesmo o fundador da psicanálise, Freud, citou sobre as piadas, as classifiocando em dois tipos: as “ingênuas”.

Estas fazem muito jogos de palavras e também as do tipo os “chistes tendenciosos”, que vem recheadas de duplo sentidos e cunho tendencioso.

Com isso, enquanto as ingênuas o humor não estaria no conteúdo, mas na surpresa do trocadilho, na segunda a gargalhada é garantida pela zombaria.

Estudiosos também afirma que piadas e risos são mecanismos para que o cérebro aprender o nonsense, um efeito que faz com que as piadas normalmente não sejam tão engraçadas quando contadas repetidas vezes.

O riso também é saudável, uma vez que, libera a endorfina, hormônio produzido no cérebro que produz sensação de bem-estar e alivia a dor, além de diminuir a pressão arterial e aliviar a tensão.

PIADAS ENGRAÇADAS

Piadas de todos os temas passam de boca em boca e se tornam populares entre aqueles que não dispensam uma boa anedota.

Para se acabar de ri e fazer os outros rirem, é claro.
Entre elas, o tema de Joãozinho é o mais utilizado. Os mais conhecidos dele são:

Joãozinho disse para Mariazinha: – Minha mãe me disse que eu tenho algo que você não tem! Mariazinha responde: – Pois minha mãe disse que com o que tenho, consigo quantos quiser desse que você tem!

Durante o jantar, Joãozinho conversa com a mãe: – Mamãe, porque é que o papai é careca? – Ora, filhinho…. Porque ele tem muitas coisas para pensar e é muito inteligente! – Mas mamãe….então porque é que você tem tanto cabelo? – Cala a boca e come logo esta porra de sopa, menino!

A professora pergunta ao Joãozinho: – Quantos ovos uma galinha põe por dia? – Não sei, fessora. E com ironia ela diz: – Te peguei. Ele também faz uma pergunta: – Fessora, quantas tetas tem uma porca? – Não sei. – Viu, tu me pega pelos ovo que eu te pego pelas tetas!!!


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook