Atualizado em: 12 abril 2010

Relações Internacionais Mercado de Trabalho

Relações Internacionais tem sido uma boa opção de curso para o jovem que quer começar uma carreira internacional. Antigamente, os cursos de psicologia, direito e administração de empresas eram os mais procurados nos vestibulares. Com o tempo muitos jovens descobriram novas possibilidades, e agora o curso de Relações Internacionais ganhou a simpatia, pois traz vantagens em relação ao mercado de trabalho.

publicidade:

Com o crescimento da utilização da internet no Brasil, muitas pessoas se viram motivadas a aprender uma língua estrangeira, dentre elas o Inglês. Levando em consideração todas as oportunidades no exterior, saber a língua inglesa fluente é uma grande vantagem para ter sucesso fora do país. Esta vontade nasce pelos rendimentos que são pagos em dólar ou em euro.

Outra vantagem deste curso é que ele pode ser utilizado como um curso de extensão para quem cursou ou ainda estuda Administração em comercio exterior, conhecido também como COMEX.

O objetivo do curso é preparar profissionais para atuar em um ambiente de negócios globalizado, qualificá-los para lidar sem grandes dificuldades com a situação atual de globalização e capacitá-los para trabalhar em ambientes internacionais.

A idéia de que existem “muitos caciques para poucos índios” não pode ser aplicada a todas as áreas de atuação profissional. O mercado tem se mostrado bastante aberto para os profissionais de Relações Internacionais, porém é indispensável e de extrema importância que o profissional recém formado em Relações Internacionais, assim como em qualquer outra profissão tenha a consciência de que ao receber o canudo da universidade não haverá filas de recrutadores esperando por eles na porta da faculdade, de forma alguma. Os novos profissionais que estão em processo de formação é que devem se preocupar em procurar estágios para ir buscando experiência e maturidade no ramo a partir do segundo ou no mais tardar terceiro ano de curso, ou montando empresas juniores com seus colegas de classe, enfim, é preciso se preparar e estar de olho nas tendências de mercado para não ficar com diploma na mão reclamando que as oportunidades não aparecem, pois na verdade quem precisa aparecer é o profissional.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook