Atualizado em: 6 novembro 2012

Relacionamento com Enteados – Principais dificuldades

O relacionamento que se estabelece entre a madrasta ou o padrasto e seus enteados é um fator decisivo para a estabilidade e o sucesso
Você Sabia?
Que a autoridade é o ser que tem maior poder em um ambiente, e por consequência, ganha função de coordenar o relacionamento entre pessoas (trabalhadores, crianças, estudantes, pedestres), uma vez que os subordinados o prestam obediência.

A relação entre madrasta e enteado não precisa ser uma guerra.

Manter um relacionamento nos dias de hoje está sendo difícil, e casos de separação está sendo muito comum entre casais, porem são gerados os frutos com esse relacionamento, onde complica e muito na hora da separação.Quando as crianças participam de uma separação os pais sentem dificuldades em entrarem em um novo relacionamento, pois a aceitação de ter uma madrasta ou padrasto é mais difícil.

Hoje é bem comum vermos pessoas se relacionarem com outras que já tenham filhos de relacionamentos anteriores, e manter um bom relacionamento com o enteado se torna uma tarefa difícil.Isso é causado devido os ciúmes, coisa bem normal até certa idade, porque a criança não consegue entender porque a mãe ou o pai está com outro.

publicidade:

 Principais Dificuldades

No caso de uma gestação, a madrasta ou mãe deve conversar com o enteado, contar com calma a respeito da chegada de um novo bebê, de forma alguma deve deixar para dar a noticia quando a barriga aparecer, ou deixar a criança notar sozinha.

Por isso o dialogo é fundamental e a noticia deve ser dada pelo casal junto, isso é para que a criança perceba que a madrasta e o bebê fazem parte da família, caso a criança se sinta incomodada com a presença da madrasta o ideal é que o pai converse com ela sozinho.

Quando for comprar um presente para o filho, você não pode se esquecer do enteado, chegar com um presente so para o filho deixará o enteado com ciúmes, raiva e vai sentir magoa de você.

Deixe seu enteado participar de todo o preparativo para a chegada do bebê, faça com que ele sinta que mesmo não sendo a mãe dele, esse bebê vai ser irmão dele e companheiro para o resto da vida, peça a opinião da criança quando for comprar alguma coisa ou montar algum móvel.

E o mais importante, trate seu enteado como se fosse seu filho, nunca exclua ele das atividades em família, mostre que ter duas mães e dois pais é uma ideia maravilhosa.

Vídeo sobre Relacionamento com Enteado

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook