Atualizado em: 17 março 2008

As melhores dicas para pegar mulher!

A lista de definições para um mane é grande: pode ser um cara que não cata ninguém, aquele #@(*$# que deixa o barco quando as coisas ficam pretas e até mesmo quem nasceu em Floripa (para quem não sabe, quem nasce na capital catarinense é um mané da ilha, da mesma forma que quem nasce na cidade do Rio de Janeiro é carioca, sacou?). O assunto rende tanto que até livro já foi escrito, fato que denuncia que a trupe é grande.

O mané, antes de tudo, é aquele que erra involuntariamente. Sabe aquela palavra que escapa, aqueles comentários infelizes e aqueles elogios desajeitados? Se a resposta for sim, é bom já ir excluindo o “nossa, como você melhorou” do seu repertório.Se você se identificou (ou reconheceu alguém nessas linhas), confira dicas preciosas para você não se dar mal mais uma vez.

Aprenda a mentir e desdenhar

O mané peca por ser sincero demais, só que há momentos que a gente deve ficar de bico fechado. Se ela pergunta justo para você se está gorda, o que custa mentir? Vai arranjar encrenca e queimar o seu filme por que? Mesmo que ela não seja o seu alvo, não vai perder a chance de te queimar com as amigas dela.Agora que você já aprendeu o primeiro passo, vamos ao segundo: desdenhar. Se aquela loira maravilhosa te chamar para ir ao cinema, contenha a empolgação. Responda “sim”, mas um “sim” entediado, entendeu? Sem excessos. Um mané irreversível diria: “Nossa, estava louco para ver esse filme. Eu sei que você mora nos canfundó do Judas, mas posso passar duas horas mais cedo pra te pegar”. O pior é que não vai pegar nada…

O dever de casa antes do futebol

A menina mais bonita do seu colégio resolve dar mole e te chamar para bater um papo a sós naquele mirante maravilhoso. Resposta do manezão: “Hoje não dá, vou jogar bola com a galera” ou “Justo hoje que o meu time joga pelas oitavas de final?”. E o queixo da garota vai ao chão. Não adianta nem tentar consertar no dia seguinte porque milagres como esse não acontecem duas vezes. Meu irmão, assim não dá! Algumas chances são apenas uma vez na vida.

Não desqualifique só porque não cata

Só o mané tem aquela capacidade incrível de identificar na mais fantástica das garotas um defeitinho que a desqualifica (leia-se: uma unha fora do lugar, um pelinho na axila, uma sombra de celulite). Só porque ele não pega ninguém, desqualifica. Essa atitude nada mais é do que uma defesa natural.Amigo mané, se você continuar assim vai torrar ainda mais o seu filme com quem escutar suas reclamações. Lembre-se que essas histórias se espalham. Poxa, vai implicar com o buço loiro dela por que?

Me belisca três vezes?

Você está na balada e ela não pára de te perseguir. Mané que é mané não acredita que aquele mulherão escolheu justo ele, o mané, para assediar. “Ai, cara, me belisca três vezes?”, você pergunta para o amigo mané.Só com uma, duas, três brejas e várias doses de whisky para destravar. Mas o problema da bebida é que os malas costumam ficar ainda mais chatos. Calma, amigo. Confie mais no seu taco e dê a cara para bater. O máximo que pode acontecer é um tapa na cara se você abusar demais, mas o vermelhão passa…

Tire proveito da sua condição de mané

É imprescindível se aproveitar das vantagens da sua própria manezice. Sim, elas acham os manés charmosos e tudo o que os pegadores querem é se fazer passar por mané.

Agora sim chegamos ao ponto: elas querem um pegador que pareça mané. O pegador tem aquele tempero e o mané passa segurança. Bingo!

Espalhe aos quatros cantos a sua triste condição, mas sem melancolia. Não perca a oportunidade de falar que é bonzinho e que ela não precisa se preocupar com fidelidade pois você não pega ninguém. Elas não vão acreditar, claro. Vão pensar que é tipinho e ficar supercuriosas.

Queime o filme do adversário

Falar mal do pegador e chamá-lo para a porrada é sentença de morte e derrota sem direito a revanche. O lance é falar muito bem dele, sacou? Experimente classificá-lo como o garanhão da turma, o cara que pega todas e que colocou mais umas cinco na lista das futuras vítimas só na última semana. Mas deixe no ar, se faça de ingênuo, mostre sua admiração pelo concorrente. O jogo é imundo, mas quanto mais você transformá-lo num galinha, mais elas acharão graça em você.

Vá na mais feia

Mané não chega, foge e morre de medo, mas quando você resolver abordar um grupo de garotas, vá na mais feia. Nada de ser ambicioso e chegar na mais deusa. É burrice! Além da concorrência ser alta, você provavelmente não terá a mínima chance.Se você for simpático com a menos interessante (melhor amenizar o termo), todas as outras te acharão simpático e agradável. Além disso, a propaganda boca-a-boca é muito mais eficaz nesse caso, ainda mais se tratando de mulher.

Seja moderadamente legal

Não queira agradar demais, seja moderadamente legal. Nada de se empolgar muito quando ela te pede uma carona ou uma ajuda para carregar peso. Se fizer isso, você não passará de mais um babão. E convenhamos: cara babão não cata nada! Mas o que seria um cara moderadamente legal? Basta ser bacana, mas sem mostrar-se disponível o tempo todo. Mais uma coisa: paciência tem limite. Se ela começar a explorar demais (às vezes elas exageram), imponha um limite.

Nunca assuma o sucesso

A pior tentação de um mané é querer virar um pegador com rapidez. Segundo os autores do livro, o mané que bate no peito para dizer que pegou alguém é o mais manés dos manés. Existe coisa mais deplorável que isso? A dica é: negue até o fim, mostre-se indignado quando perguntarem se você ficou com Fulana ou Ciclana na noite anterior. O mané consciente fica de bico fechado e nunca exibe seus troféus.


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook