Atualizado em: 7 outubro 2013

Formação em Engenharia de Biossistemas - Área de Atuação

Saiba que a Engenharia de Biossistemas vem sendo oferecida por algumas universidades brasileiras desde 2009
Você Sabia?
Que a Engenharia de biossistemas é um novo ramo da engenharia no Brasil que lida com a produção agropecuária.
download

A Engenharia de Biossistemas é um novo ramo da Engenharia no Brasil

A Engenharia de Biossistemas é um novo tipo de engenharia que estuda a ciência e a tecnologia de suporte para a produção de alimentos, materiais e energia.

A Engenharia de Biossistemas assegura que o número crescente da população da Terra tenha abundância e qualidade de alimento, água pura e potável para beber, combustíveis limpos, fontes de energia alternativas e um ambiente seguro e saudável.

publicidade:

O Curso

O curso de Engenharia de Biossistemas tem no seu currículo matérias básicas de engenharia durante os primeiros semestres, já nas disciplinas profissionalizantes, há matérias nas áreas de energia, produção animal e vegetal, robótica, irrigação, construções rurais, controle de qualidade, máquinas agrícolas, entre outros.

Funções do Engenheiro de Biossistemas:

Os engenheiros de biossistemas projetam soluções eficientes para problemas envolvendo os seres vivos e o ambiente natural. Aliando os conhecimentos de mecânica, materiais, termodinânica, eletrônica e circuitos, fenômenos de transporte, operações unitárias, instrumentação e desenho com ciências da vida, biologia e química, o engenheiro de biossistemas tem um conhecimento multidisciplinar, sendo capaz de integrar equipes com membros de diversos setores de conhecimento.

Área de Atuação:

O engenheiro de Biossistemas atua nas áreas de:

Construções rurais e ambiência – atua no controle do clima dentro de um estábulo, granja, pocilga etc., sistemas de ventilação e aquecimento, temperatura e qualidade da água num tanque de aquicultura, estado de stress dos animais etc, desenvolvimento e uso de novos materiais para construção, para superfícies, janelas ou vigas, biopolímeros etc.

Bioenergia – atua na co-geração de energia elétrica ou calor (energia térmica) a partir de resíduos de atividades florestais, madeireiras, pecuaristas ou agrícolas; geração distribuída de energia elétrica; geração termo-solar ou foto-voltaica.

Biocombustíveis – atua na melhoria de técnicas conhecidas como fermentação e transesterificação, no  desenvolvimento de novas técnicas, novas vias bioquímicas, novos organismos (leveduras, algas, bactérias), estudo de novas fontes (celulose, sacarídeos, resíduos).

Mecanização agrícola – atua no desenvolvimento do padrão ISOBUS, desenvolvimento de implementos agrícolas (fertilizadeiras, plantadeiras, semeadeiras), tratores, equipamentos para agricultura de precisão, sistemas integrados com GPS ou comunicação wireless, demarcação de talhão e zoneamento da fazenda.

Tecnologia da informação e informática agrícola – atua no desenvolvimento de softwares para controle de rastreabilidade, desenvolvimento de hardware (biosensores, sinalizadores, rastreadores), integração de fazendas por meio de redes sem fio de curto, médio e alto alcance.

Agricultura de precisão – atua na confecção de mapas de produtividade, cartas de solo, aplicação com taxa variável (de fertilizantes), mapas de fertilização, aquisição de imagens por satélite (imagens orbitais) ou por sobrevoo (imagens aéreas).

Zootecnia de precisão – atua na individualização do gado, melhoramento e precisão na distribuição de ração, nutrientes e água, aquisição de imagens termográficas e sinais sonoros para controle de stress do animal, promovendo o bem estar animal, instalações inteligentes, ordenhadeiras, dispositivos de distenção muscular para equinos etc.

Tecnologia pós-colheita – atua no tratamento, separação, classificação, beneficiamento e armazenagem dos produtos agrícolas, secagem de grãos, tecnologia e estruturas de silos, desenvolvimento de algoritmos de análise de imagens para classificar os produtos automaticamente, análise de qualidade.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook