Atualizado em: 14 outubro 2011

Cursos Rápidos Gratuitos do Governo SP

Visando oferecer uma melhor capacitação profissional para quem pretende ingressar ou reingressar no mercado de trabalho o Governo do Estado de São Paulo criou o Via Rápido SP. Leia o artigo e saiba mais!

Visando oferecer uma melhor capacitação profissional para quem pretende ingressar ou reingressar no mercado de trabalho o Governo do Estado de São Paulo criou o Via Rápido SP.

Este é um programa de inclusão profissional e social, pois concede uma bolsa de estudo e um auxílio transporte, para os alunos que necessitem.                                                                      Quem estiver desempregado e não receber seguro-desemprego ou benefício previdenciário recebe uma bolsa de R$ 210,00 durante o curso. Sendo que o Governo também vai pagar r$ 120,00 para as pessoas terem acesso aos cursos.Os cursos rápidpos tem uma duração de 80,120 ou 200 horas.                                                                                     No ano de 2011, haverá 30 mil vagas distribuídos em 401 municípios do Estado de São Paulo, nos setores de construção civil, indústria, comércio e serviços.

publicidade:

A idade mínima é de 16 anos, a pessoa interessada deverá saber ler e escrever e ter residência no Estado de São Paulo. Sendo que os critérios da avaliação para a ocupação das vagas nos cursos serão, idade, renda familiar, escolaridade, estiver desempregado e ser um dos responsável pelo sustento familiar.Quem já participa do Ação Jovem e do Renda Cidadã terá preferência na seleção.

Os cursos oferecidos são: higienização de alimentos, informática, mecânica, eletricista, panificação artesanal, torneiro mecânico etc. A lista de cursos oferecidos poderá ser visto pelo site do programa: www.viarapida.sp.gov.br

Os documentos necessários para a inscrição nos cursos são a carteira de identidade( RG) e o CPF.

Para pessoas com deficiência física serão oferecidos os cursos de garçom, informática e auxiliar de escritório, entre outros. Num total de 330 vagas.

Já para pessoas da terceira idade serão 120 vagas para o curso de SAC ( Serviço de atendimento ao consumidor).

E para os presidiários em regime semi-aberto serão oferecidos 1.110 vagas, sendo que as aulas serão dentro dos presídios e o detento receberá a bolsa de r$ 210,00.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook