Preposições e Conjunções

Preposição é uma palavra invariável que liga dois elementos da oração, subordinando o segundo ao primeiro. Existem dois tipos: as essenciais e as acidentais.

Essenciais: a (ex: entreguei o trabalho a ele), ante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, perante, por, sem, sob, sobre, trás.

Acidentais: durante, afora, menos, salvo, conforme, exceto, como, que.

As conjunções são palavras invariáveis que servem para conectar orações ou dois termos de mesma função sintática, estabelecendo entre eles uma relação de dependência ou de simples coordenação. Existem as conjunções coordenativas e as subordinativas.

As Coordenativas:

– Aditivas: adição à frase: e, nem, mas também, como também, além de (disso, disto, aquilo), quanto.

– Adversativas: relação de oposição: mas, porém, todavia, entretanto, no entanto, senão, não obstante, contudo, entre outras.

– Alternativas: relação da alternância: ou, ora, já, já que, quer, seja, etc.

– Explicativas: relação de explicação: que, porque, porquanto, pois (anteposta ao verbo).

– Conclusivas: relação de conclusão: pois (posposta ao verbo), logo, portanto, então, por isso, por conseguinte, por isto, assim.

As Subordinativas:

– Integrantes: que, se. (ex: afirmo que sou inteligente)

– Causal: porque, pois, porquanto, como, pois que, por isso que, já que, uma vez que, visto que, visto como, que, entre outros.

– Comparativa: que, (mais/menos/maior/menor/melhor/pior) do que, (tal) qual, (tanto) quanto, como, assim como, bem como, como se, que nem (dependendo da frase, pode expressar semelhança ou grau de superioridade), etc.

– Concessiva: embora, conquanto, ainda que, mesmo que, posto que, bem que, se bem que, apesar de que, nem que,em que, que,e, etc.

– Condicional: se, caso, quando, contanto que, salvo se, sem que, dado que, desde que, a menos que, a não ser que, etc.

– Conformativa: conforme, quando, segundo, consoante, etc.

– Consecutiva: que (combinada com uma das palavras tal, tanto, tão ou tamanho, presentes ou latentes na oração anterior), de forma que, de maneira que, de modo que, de sorte que.

– Final: para que, a fim de que, porque [para que], que.

– Proporcional: à medida que, ao passo que, à proporção que, enquanto, quanto mais… (mais), quanto mais (tanto mais), quanto mais … (menos), quanto mais … (tanto menos), quanto menos … (menos), quanto menos … (tanto menos), quanto menos … (mais), quanto menos … (tanto mais).

– Temporal: quando, antes que, depois que, até que, logo que, sempre que, assim que, desde que, todas as vezes que, cada vez que, apenas, mal, que [desde que], etc.