Atualizado em: 6 junho 2013

O Brasil já foi atingido por algum meteoro?

Os meteoros queimam quando entram na nossa atmosfera, sendo que os que resistem e colidem com a superfície do nosso planeta são chamados de meteoritos.
Você Sabia?
Que o Meteoro de Cheliabinsk foi um meteoroide que adentrou a atmosfera terrestre sobre a Rússia em 15 de fevereiro de 2013, transformando-se em uma bola-de-fogo que cruzou os céus do sul da região dos Urais
meteoro

Meteoro, chamado popularmente de estrela cadente, designa-se o fenômeno luminoso

Muitas pessoas tem medo de que um meteoro entre em rota de colisão com a terra e os filmes que falam sobre o fim do mundo fazem de tudo para acirrar ainda mais esse medo das pessoas. Bem primeiro vamos definir o que são meteoros.

Um meteoro é um pedaço de rocha espacial, que geralmente se desprendeu de cometas ou asteroides, e que entra na atmosfera da Terra. Muitos desses meteoros  queimam pelo atrito e o calor da nossa atmosfera, sendo que os que resistem e colidem com a superfície do nosso planeta são chamados de meteoritos.

publicidade:

E o Brasil já foi atingido por algum meteorito?

A resposta é sim, e mais de uma vez.

Informação

Entretanto a América do Sul apresenta menos registros de queda de meteoros, do que os continentes do norte. A idade da maioria das crateras brasileiras ainda não está definida. Sendo que a única que tem as medidas precisas é o Domo de Araguainha, entre os estados do Goiás e o Mato Grosso, que tem 245 milhões de anos, sendo que esta cratera formou-se  entre os períodos Permiano e o Triássico. A cratera que tem 40 quilômetros de diâmetro, é a maior cratera da América do Sul e a 16ª maior do mundo. Uma outra cratera conhecida no Brasil, também do período Triássico, é a da Serra da Cangalha, no Tocantins, com 12 quilômetros de diâmetro.

A pequena cidade de Parnarama, que fica na região leste do Maranhão, na fronteira com o Piauí, a 514 km de São Luís, também teve a queda de um meteorito, o que causou a abertura de uma cratera de seis metros de profundidade por oito de largura, no meio do matagal, causada por um meteorito. Sendo que segundo pesquisadores, a cratera foi aberta por um meteorito que se deslocava a uma velocidade de 10.000 km/minuto, só que depois de entrar na órbita da terra, o meteorito perdeu força e chocou-se com o solo a 300 km/minuto.

Vídeo sobre o Meteoro

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook