Atualizado em: 29 agosto 2013

Jogadores de Futebol que viraram comentaristas e não agradaram

Por lei é obrigatório a graduação em Jornalismo para trabalhar frente as câmeras, entrevistando pessoas ou cobrindo acontecimentos locais ou no mundo
Você Sabia?
Que é dia 16 de fevereiro comemorado o dia do repórter, profissional caçador de notícias, que nos informa a cada dia todos os fatos ocorridos no mundo.
ex-jogador Neto

Neto foi considerado um dos piores comentarista de esporte do Brasil

Já faz tempo que temos ex-jogadores ocupando espaço na TV comentando jogos de futebol. Sendo que muitas pessoas não acham isso correto, porque o mais certo seria pessoas com graduação em jornalismo fazerem este tipo de trabalho. E os jornalistas realmente não gostam nem um pouco de verem lugares que deveriam estar ocupados por eles.

Mas as emissoras mantém esses ex jogadores de futebol, tanto porque são conhecidos do grande público e pela fama que tiveram nos campos acabam atraindo os telespectadores que tem curiosidade sobre a opinião destes ex jogadores.

publicidade:

Jogadores que Viraram Comentaristas

Claro que já tivemos alguns ex- jogadores que não agradaram nem um pouco como comentaristas esportivos.Sendo que entre eles podemos citar por exemplo, o ex jogador Ronaldo, Fenômeno, comentarista da TV Globo, que acabou na internet com seu comentário durante a transmissão da Copa das Confederações, onde declarou: “Copa do Mundo não se faz com hospitais”. A declaração repercutiu tão mal, que o Fenômeno passou a maior parte do resto das transmissões em silêncio.

Há também o ex-jogador Neto, do Corinthians, também foi apontado em uma enquete recente do site UOL, como o pior comentarista esportivo do país, com 140.000 votos, pelos seus comentários ácidos, onde ele diz o que lhe vem a cabeça, sem medir consequências.

O ex jogador Muller, da seleção brasileira, também não agradou como comentarista, pois foi eleito em pesquisa feita pela UOLEsporte, com 35% dos votos como o pior comentarista do Brasil.

Claro que não dá para agradar a todo mundo, e assim como alguns gostam de determinados comentaristas, outros detestam, mas são as emissoras que decidem se o comentarista está dando audiência ou não, e se é bom para a emissora que ele continue no cargo.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook