Atualizado em: 19 setembro 2013

Estudos sobre a História de Jesus Cristo

Em 25 de dezembro, era a data em que os romanos celebravam sua festa de solstício de inverno, a noite mais longa do ano, que marcava o começo do fim do inverno, com festas e troca de presentes.
Você Sabia?
Que segundo a tradição, aceita pela maioria dos cristãos, a Bíblia foi escrita por 40, sendo que a primeira versão portuguesa da Bíblia surgiu apenas em 1748.
Estudos sobre a História de Jesus Cristo 1

Jesus Cristo como todos conhecem é considerado o filho de Deus

O nascimento de Jesus Cristo é uma completa incógnita,  a começar pela data do nascimento ser mesmo 25 de dezembro, pois essas era a data em que os romanos celebravam sua festa de solstício de inverno, a noite mais longa do ano, que marcava o começo do fim do inverno.

Há também o fato de que o dia em que Jesus nasceu não constar na Bíblia, na verdade esta data foi imposta pela Igreja, cinco séculos depois, para fazer coincidir o nascimento de Jesus com a festa que já acontecia mesmo nessa data e onde já havia festa e troca de presentes.

publicidade:

História de Jesus Cristo

“Na verdade, não sabemos nada histórico sobre Jesus antes de sua vida pública, já que os dois primeiros capítulos de Mateus e Lucas, os que relatam o nascimento, são basicamente parábolas, não história”, diz John Dominique Crossan, um dos maiores especialistas sobre a história de Jesus Cristo. Segundo Mateus, José soube num sonho que Maria daria à luz um menino concebido pelo Espírito Santo.

Quando Jesus nasce, magos surgem do Oriente e seguem uma estrela que os conduz a Jerusalém. Lá, eles ficam sabendo que o Cristo nasceu em Belém. Seguindo a estrela, os magos chegam à cidade para adorar o menino e lhe regalam com ouro, incenso e mirra. Mas Herodes fica perturbado com o nascimento e manda soldados matarem todos os bebês de até 2 anos em Belém. Assim, José foge com a família para o Egito e depois vai morar em Nazaré, na Galileia, onde Jesus é criado.

Informações

“Não há nenhum relato, em qualquer fonte antiga, sobre o rei Herodes massacrar crianças em Belém, ou em seus arredores, ou em qualquer outro lugar. Nenhum outro autor, bíblico ou não, menciona isso”, diz o teólogo americano Bart D. Ehrman no livro Quem Foi Jesus? Quem Jesus Não Foi?

Mas há ainda a ressurreição de Jesus, onde alguns discípulos estavam convencidos de que ele ressuscitara. E que sua ressurreição anunciava os últimos dias, quando os justos se reergueriam das tumbas. Para esses judeus cristãos, Jesus logo retornaria para inaugurar o novo reino. O líder do grupo era Tiago, irmão de Jesus, que tinha boas relações com fariseus e essênios. E o movimento se expandiu. Quando Tiago morreu, em 62 D.C., Jerusalém vivia o auge da crise política. Em 66 D.C., romanos perseguiram os judeus com medo de uma insurgência. Os zelotes se rebelaram e conseguiram manter as tropas do Império afastadas por 4 anos. Com medo de que a rebelião judaica se espalhasse, Roma esmagou os revoltosos, assim em 70 D.C., o imperador Vespasiano sitiou Jerusalém, arrasou o Templo e deixou milhares de mortos.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook