Atualizado em: 6 dezembro 2012

Do que são feitos os refrigerantes?

Aprenda como são fabricados os refrigerantes, com todo cuidado e qualidade para continuar a ser o tipo de bebida que conquista muitas pessoas no mundo. Veja como é fabricado, e seus ingredientes.
Você Sabia?
Atualmente o nosso país é um dos maiores consumidores de refrigerantes no mundo todo. China, México, Estados Unidos e Europa também estão nesta lista.

Essa é uma pergunta feita por todos, buscar saber Do que são feitos os refrigerantes? Realmente a curiosidade é grande. (Divulgação)

Os refrigerantes são bebidas que dependendo do estado pode ser a salvação de muita gente. Imagine um Guaraná, ou um Refrigerante de Cola bem gelado? O Fato é que desde as crianças até aos adultos, o ser humano fica fascinado com esta bebida. Há uma grande variedade de refrigerantes diferentes ao redor do mundo e todos eles tem algumas características ou algo que diferencia, como a sua formula básica.

Fabricação

Essas bebeidas não-alcoólica são fabricadas industrialmente à base de água mineral e açúcar, podendo conter edulcorante, extratos ou aromas sintetizados de frutas ou outros vegetais, além de conter a adição de gás carbônico, que dá o efeito borbulhante. Você sabia que eles são produzidos desde o século XVI? Naquela época a fabricação e a elaboração dos refrigerantes eram feita com fins medicinais pelos farmacêuticos que comercializava o produto como remédio.

publicidade:

Abaixo você vai conhecer alguns dos ingredientes que compõem a formulação do refrigerante e vai saber como eles são feitos.

Ingredientes

Água: Ela deve passar por um tratamento rigoroso da água para ser utilizada no processo de fabricação de refrigerantes. Por isso a água é filtrada e tratada para ficar com uma baixa alcalinidade e controlar o excesso de sulfatos, cloretos, ferro. Comumente presente na água mineral, ainda passa por um processo de eliminação de cloro e pasteurização para eliminar micróbios.
Açúcar: Os refrigerantes geralmente possuem grande quantidade de açúcar. Em média, em um refrigerante não diet há uma porcentagem de 11% de açúcar por ml do produto. Geralmente o tipo de açúcar usado é a sacarose, por esse motivo os refrigerantes devem ser evitados pelas pessoas que buscam perder peso.
Xarope: Depois de acrescido o açúcar os refrigerantes levam concentrados, conhecidos domo xaropes. São eles que darão as características de sabor, cor e aroma do refrigerante. Eles são geralmente compostos por extratos de frutas ou semenetes (por exemplo o guaraná) preparados com óleos essenciais. Alguns refrigerantes para dar um sabor mais natural ao produto adicional também suco natural de frutas em suas composições.
Edulcorantes: Eles são usados nos refrigerantes de baixa caloria para conferir sabor doce em substituição ao açúcar.
Acidulantes: Esses produtos tem a função de regular a doçura do açúcar e realçar o paladar do sabor do produto. Eles ainda possuem uma função de preservação do produto impedindo a proliferação de microorganismos. Como acidulantes podem ser usados os ácido cítrico, o ácido fosfórico e o ácido tartárico.
Gás carbônico: Por fim, deve ser adicionado ao refrigerante o gás carbônico pelo processo de carbonatação do liquido. Esse processo é realizado por uma máquina carbonizadora que mistura o gás carbônico com a aguá por um sistema de alta pressão. Pressurizando os dois juntos cria-se uma terceira substância, o ácido carbônico, que nada mais é do que a famosa aguá com gás.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook