Atualizado em: 6 novembro 2012

O que é um Diplomata e quais as suas funções?

Conheça um pouco do que é, e o que um diplomata realiza para determinada nação. Saiba mais sobre esta arte de aprender a praticar e conduzir.
Você Sabia?
O orgão do Governo que cuida de toda esta assessoria diplomatica, é o Ministério das Relações Exteriores, que é liderada pelo Ministro Antonio de Aguiar Patriota desde 2008.

Realmente surge as perguntas sobre o que é um Diplomata e quais as suas funções? Individuo este importante para a cultura mundial entre diversas etnias. (Divulgação)

Diplomata é quem exerce a diplomacia. Diplomacia é a arte e também a pratica de conduzir com sabedoria as relações exteriores ou pode ser também alguns negócios exteriores de um determinado Estado, país ou organização. Geralmente, vemos sua presença em assuntos que requer paz, comercio exterior e também nos assuntos de guerra, promoção cultural, organizações internacionais entre outros.

Funções

Quem define e delimita a política externa é o plano internacional de Convenção de Viena Sobre Relações diplomáticas, celebrado no ano de 1961.

publicidade:

As funções da diplomacia são inúmeras. Tradicionalmente, são consideradas as funções de informar, negociar e também representar todo um estado e uma ideia. Quando falamos em negociar, tal tarefa consiste em manter relações com o objetivo de fechar e conseguir lacrar um acordo entre as partes que estão em lide. Ele tem o poder de falar e por tal negociar em nome do Estado que representa, a fim de que seus interesses sejam respeitados e garantidos no final das contas. Geralmente vemos essa figura nas organizações internacionais.

Informar e Melhorar

No âmbito informar, vem para que o mesmo tenha em mente todos os argumentos contrários e prós daquela ideia. Deve-se informar sobre o que está acontecendo para que as informações corretas sejam passadas para o Estado e esse decida o que for melhor para seus interesses locais. Já quando falamos de função representar, faz parte as representações que o mesmo faz do Estado fora do país, mostrando a bandeira que veste, conhecimentos e também o seu posicionamento. Gozam dessa prerrogativa as pessoas de direito internacional público.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook