Atualizado em: 30 agosto 2013

Animais podem ficar diabéticos?

A maioria dos casos de diabetes mellitus pode ser tratada com insulina, os animais podem ficar muito apáticos, vomitar,
Você Sabia?
Que a Diabete é uma doença metabólica caracterizada por um aumento anormal do açúcar ou glicose no sangue.
download

A cetoacidose diabética ocorre com mais freqüência entre animais com diabetes

Existe uma grande variação média de idade para todo o aparecimento dos diabetes em cães e gatos, que pode acontecer entre as idades de quatro a catorze anos, com isto a maior parte dos casos acontecem entre sete e nove anos de idade.

Apesar disto os machos são menos afetados na doença do que as fêmeas. Existe por parte dos veterinários uma suspeita de que a ocorrência do problema de diabetes seja genética, principalmente em algumas raças como por exemplo cães de raça Pulik, Cairn Terrier e Pinscher Miniatura.

publicidade:

Sobre a Doença

A doença vem caracterizada por grandes concentrações de glicose no sangue e na urina, além disto a diabetes mellitus é uma das maiores desordens hormonais mais comuns no cão, e quase sempre ainda requer tratamentos precisos com insulina por toda a sua vida. Além disto uma alta taxa crônica de glicose no sangue e também na urina poderão causar uma série de complicações graves, bem como infecções, cataratas, desordens nervosas e ainda doenças de rins. Todos estes problemas se não forem tratados os cães e os gatos diabéticos poderão apresentar essas e também vários outros tipos de complicações morrendo de forma muito precoce. Os cães diabéticos acabam sendo tratados com injeções de insulina, além de receber uma mudança em sua dieta e exercícios.

Alguns dos animais com diabetes poderão receber medicamentos orais, mas estes normalmente não são muito úteis em cães. Para que se possa regularizar todos os níveis de glicose do sangue, os cães diabéticos precisam contar com várias consultas ao veterinário nos diversos estágios iniciais de seu tratamento, devendo ainda depois disso passar por uma série de exames considerados periódicos de manutenção.

Informação

No início até mesmo poderá ser difícil para os proprietários a realização aplicando assim injeções de insulinas diariamente, e com a maioria depois conseguir dar conta do recado.

E com isto com o tratamento apropriado e todo o monitoramento com isto muitos cães diabéticos conseguem até mesmo manter uma boa qualidade de vida.Quanto a sinais clínicos, eles são bem observados o que incluem sintomas de polidipsia, poliúria, polifagia, e perda de peso.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook