Atualizado em: 8 novembro 2013

Alimentos que não são o que parecem

Hoje em dia na a verdade, não temos como controlar totalmente os processos de fabricação dos alimentos industrializados.
Você Sabia?
Que foi na China de 4 000 anos atrás, quando uma sobremesa à base de leite e arroz foi congelada na neve.
download

Eles não são exatamente o que parecem ser

Os rótulos na grande maioria das vezes enganam os processos de manufatura alimentícia e não parecem ser confiáveis como gostaríamos que fossem e muitas vezes alguns escândalos da indústria acabam mostrando para nós mesmos o que acontece. Vale lembrar o caso de mais de 12 países europeus que foram atingidos pelo escândalo de venda de carne de cavalo no lugar de carne de vaca.

Com isto ninguém está á salvo, e a realidade é que só se pode ter certeza do que está comendo se você for participar de toda a produção da sua comida, o que é algo impossível. Confira a seguir alguns dos alimentos que você achava que sabia o que estava comendo mas na verdade não passaram de pura engenharia de alimentos.

publicidade:

Sobre o Chocolate 

As leis brasileiras são bastante claras com relação ao chocolate, para que ele possa ser classificado como o tal, o produto precisa contar com pelo menos 25% de sua composição em cacau. De acordo com uma entrevista dada recentemente pelos especialistas do assunto, pelo menos um em cada três chocolates no Brasil não contam com este tipo de quantidade de cacau e por isso não é considerado como chocolate.

A alta porcentagem de cacau estaria enganando o consumidor, e deveria haver uma fiscalização que pudesse comprovar este tipo de informação no rótulo da embalagem.

Pão e biscoitos Integrais

Os alimentos considerados integrais são grãos que não acabaram passando por processo de refinamento. As fibras quando são preservadas ajudam a eliminar as gorduras do organismo, mantém os níveis de colesterol baixos e ainda controlam possíveis picos de insulina. Além disto aumentam a saciedade e facilitam o emagrecimento.

Não existem regras por parte da anvisa para fabricar estes alimentos, como uma porcentagem mínima de farinha integral na composição.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook