Atualizado em: 5 agosto 2013

Lendas da Amazônia Brasileira

O Curupira é um ser que faz parte do lendário amazônico, guardião das florestas e dos animais onde possui traços de índios.
Você Sabia?
Que o Saci-Pererê é um dos personagens mais conhecidos do folclore brasileiro. possuí até um dia em sua homenagem que é 31 de outubro.
saci-perere

O Festival Saci traz ao Palácio das Artes uma programação infantil especial de férias

Como principais lendas da Amazônia podemos contar como Boto, Iara, Saci, Curupira, Macunaíma, Guaraná, Vitória Régia, Açai, Cobra Grande, Matinta Pereira, Mandioca, entre milhares de outras lendas. Por isso a seguir conheça algumas das lendas e também dos contos indígenas que fazem parte do folclore da região amazônica.

O que é uma visão interessante e peculiar de como todos os índios nativos entendiam e ainda explicavam todos os fenômenos da natureza, como os rios, o sol, a lua e as plantas. As lendas são bem interessantes e surpreendente o que fazem parte dos folclores o que poderão enriquecer toda a cultura brasileira.

publicidade:

A lenda do Boto

O boto é um rapaz belo, que conta com um grande andar desajeitado e que ainda utiliza roupas, chapéus e ainda sapatos brancos, cobrindo boa parte do rosto e ainda tem um buraco no alto da cabeça. O boto ainda segundo a lenda poderá aparecer nas festas que ficam a beira dos trapiches. Ele gosta de moças ingênuas, que são virgens ou menstruadas.

É bem calado, sinistro e tem um poder de encantar as moças novas, estas que a um primeiro olhar se apaixonam. Assim que consegue o que ele quer, mergulha no rio e desaparece. Muitas meninas do interior que engravidam utilizam a lenda como desculpa na região.

O curupira

Na lenta mais conhecida, ele é tido como um menino bem baixo, que tem cabelos cor de fogo e seus pés são virados para trás, é o protetor das matas e ainda habitantes locais. Ele tem por hábito se sentar a sombra das mangueiras para comer os frutos e quando é avistado por alguém acaba saindo em disparada.

Ele é o protetor das matas e de habitantes locais, ele costuma se encantar por crianças pequenas, fazendo com que elas desapareçam e são devolvidas depois de sete anos. Além de caçadores que depois de encantamentos acabam ficando perdidos dentro das florestas.

Informação

Segundo as lentas existentes, para que se possa quebrar esta maldição o caçador deverá parar de andar, pegar um cipó e fazer uma bolinha escondendo a ponta depois jogar bem longe gritando “quero ver tu achares a ponta” assim o encanto acaba sendo quebrado.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook