Atualizado em: 25 julho 2013

Escritores e seus Pseudônimos

Para você que não sabe alguns escritores ficaram mais conhecidos por seus pseudônimos do que por seus próprios nomes
Você Sabia?
Que o quadro branco começou a ser usado em meados de 1960. Não se sabe quem o inventou. A maior corrente defende que ele surgiu na China.
escrit

J. K. Rowling, autora da série Harry A inglesa Mary Anne Evans

J.K. Rowling é considerada uma das escritores mais importantes e influentes da atualidade, mas toda sua importância no segmento se deve principalmente ao sucesso da série de histórias do bruxinho Harry Potter, que também acabou fazendo muito sucesso nos cinemas. Mas a autora recentemente revelou que se usou de um artificio muito comum entre os escritores ao longo dos tempos para lançar um outro livro, chamado The Cuckoo’sCalling.

O nome escolhido foi Robert Galbraith.Mas muitos autores e escritores ao longo dos anos se utilizaram deste artificio para lançar histórias, sendo que o principal objetivo é justamente conseguir lançar histórias que não sejam diretamente veiculados ao nome de um determinado autor.

publicidade:

Autores utilizando de Pseudônimos

Nelson Rodrigues, que é conhecido por suas histórias picantes e crônica que mostram as relações de uma forma diferente, já assumiu o nome de Suzana Flag para assinar uma série de histórias que eram publicadas em formato de folhetim entre os anos de 1944 e 1948.

Agatha Christie

A escritora Agatha Christie sempre foi conhecida como a rainha do crime, afinal de contas assinou mais de 80 histórias policiais que fascinavam as pessoas, especialmente pelo sempre aguardado misterioso final. Mas a autora também se aventurou por outros estilos assinando com o nome de Mary Westmacott. Sob este pseudônimo foram publicados seis romances históricos.

Stephen King

Outro caso de autor que teve que se utilizar de um nome diferente para conseguir se aventurar por gêneros que não eram relacionados diretamente com os gêneros que os consagraram. Stephen King é considerado um dos maiores escritores do segmento de suspense e terror. Mas o escritor queria testar a sua escrita em outros formatos e lançou o seu pseudônimo: Richard Bachman

Fernando Pessoa

Um dos casos mais famosos de pseudônimos utilizados foi do autor Fernando Pessoa. Ele escrevia frequentemente sob três nomes diferentes: “Álvaro de Campos”, “Ricardo Reis”, “Alberto Caeiro”. Todos eles foram muito importantes para a literatura nacional e cada um conta com características próprias de escritas que acabaram definindo toda uma geração de escritores.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook