Atualizado em: 3 maio 2010

Conforto no metrô de Paris


Paris. Cidade luz. Romântica com temperatura amena, civilizada e chique. Estas são algumas características de um dos pontos europeus mais visitados. Nessa cidade iluminada pela Torre Eifell, o metrô é considerado o melhor sistema para se transitar na cidade.

O metrô de Paris é rápido, oferece muitas linhas e a ainda tem a vantagem de que as suas estações são próximas uma das outras.
Contudo, o metrô de Paris é sujo e o cheiro de esgoto é intenso por todos os vagões do transporte. Às cinco da manhã começa a funcionar e somente à 1h da madrugada encerra o serviço.

publicidade:

Em relação ao conforto, tudo é muito relativo, já que todos os vagões, dos velhos aos mais modernos, foram elaborados para levar o passageiro em pé, de um modo que acomode muitas pessoas. Os mais velhos até têm bancos rebaixáveis, que só pode ser usado se o vagão não estiver lotado.

Caso esteja, o jeito é ir à pé. É bom saber que a população neste caso cumpre direitinho com as normas.

As linhas mais novas do metrô parisiense, como a linha 1, sai da Defense para o Arco do Triunfo, Campos Elísios (3 pontos), Concorde, Tuileries e o Museu do Louvre.

Como se pode ver, estas linhas levam para os pontos mais visitados de Paris, são muito usadas por turistas. Nos metrôs também há um sistema para que possamos ter cobertura de telefonia celular. Também não é proibido andar com cães.

O nojento, porém, é que os metrôs de Paris são cheios de ratos, e não é estranho ver alguns ratos

Ainda existe a péssima sinalização ao fazer baldeação com postos colocados em lugares invisíveis, com sinais que apontam em direções contrárias para o mesmo lugar. Uma bagunça.

Porém, para os loucos por Paris, não é a mistura de qualidades e defeitos do seu sistema de transporte que vai fazer com que a viagem seja um tormento. Paris continuará sendo linda. Um lugar bom de se estar e de viver.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook