Atualizado em: 24 março 2011

Cinema Belas Artes - Tombamento

Informações sobre fechamento e tombamento do Cinema Belas Artes.

Belas ArtesSe você é um fanático das telas – ou seja, não consegue viver sem cinema nem passar um fim de semana sem ver um filme e se você sempre participa das conversas mais complexas sobre atores, clássicos do ramo cinematográfico, cenas memoráveis, lançamentos mais esperados, monólogos e diálogos inesquecíveis, você já deve saber que o Cinema Belas Artes fechou suas portas neste mês.

O cinema existia há mais de seis décadas e acompanhou a história tanto do país quanto da evolução técnico-criativa da indústria cinematográfica. A última exibição ocorreu no dia 17 de março deste ano.

publicidade:

O Porquê

De acordo com resultados de negociação com o proprietário do imóvel, não houve possibilidade de renovação de contrato de aluguel. O preço subiu mais que o dobro e o Cinema perdeu patrocínio do HSBC. Dos R$60.000,00 comumente negociados, houve mudança para R$150.000,00.

Todos, freqüentadores ou não, lamentam o acontecimento. São Paulo perde aí um centro artístico, uma opção de recreação, um ponto de referência nacional e, segundo alguns, perde até um conceito.

As opções de exibição para o dia 17 foram de clássicos, tendo O Leopardo e A Doce Vida entre os títulos. Confira toda a programação exposta abaixo:

  • Sala 1/Villa-Lobos: A Doce Vida (Federico Fellini)
    Horário: 21h
  • Sala 2/Candido Portinari: No Tempo do Onça (Charles Riesner)
    Horário: 21h30
  • Sala 3/Oscar Niemeyer: O Leopardo (Luchino Visconti)
    Horário: 20h30
  • Sala 4/Aleijadinho: O Joelho de Claire (Eric Rohmer)
    Horário: 21h30
  • Sala 5/Carmen Miranda: O Águia (Clarence Brown)
    Horário: 21h20
  • Sala 6/Mario de Andrade: Queimada (Gillo Pontecorvo)
    Horário: 20h20

E Agora?

No local onde ficava o Cinema Belas Artes será instaurado uma loja de grande porte. A identificação da loja ainda não foi divulgada, ainda que não se acredite, segundo depoimentos do advogado do proprietário, que o local seja tombado.

Vários fãs iniciaram uma grande despedida no dia 17, mas não foi possível fazer mais que isso. O Cinema Bela Artes dá adeus a São Paulo e ao mundo, deixando na lembrança falas e gestos de cenas eternas.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook