Atualizado em: 4 abril 2011

Lista de Insetos Comestíveis

Informações sobre benefícios na alimentação baseada em receitas com insetos, além de detalhes sobre tratamento de insetos e sobre como escolhê-los.

InsetosA entomofagia, ou ingestão de insetos, não é incomum, levando em consideração a quantidade de países em que a prática ocorre e seus contingentes populacionais. Sabendo disso, por que seria tão inconcebível suprir necessidades alimentares com esses pequenos – nem sempre tão ínfimos – seres?  Aliás, dependendo da região, alguns são considerados até iguarias, assim como nem todos não consumidos em suas formas adultas, podendo ser feita uma pasta desses insetos.

Para que comer insetos?

Basicamente, pelo fato de que eles possuem um bom valor nutricional de forma geral, ou seja, valor calórico, gorduras, proteínas, carboidratos etc. Em 100g de grilos, por exemplo, você encontra apenas 121 kcal, sendo que apenas 49,5kcal desse valor calórico provém de gordura, 12,9g de proteína e 75,8 mg de ferro. Muito saudável para um inseto, não acha?

publicidade:

Insetos [2]Além disso, é comum na alimentação humana a ingestão de camarões, lagostas, siris e caranguejos, que pertencem ao filo dos Artrópodes, o mesmo dos insetos.

Como colher os insetos?

Digamos que o seu interesse tenha aparecido em, pelo menos, experimentar um dos insetos, é necessário saber escolhê-los. Primeiro, o local. Se você mora em uma cidade, você deve ter em mente que os insetos na região podem ter entrado em contato com inseticidas, então não colha insetos em centros urbanos. Prefira os que vivem em sítios, chácaras, entre outros locais mais afastados onde existe mais vegetação.

Em segundo lugar, vem a coloração do inseto. Não apenas relativa a insetos, a coloração intensa é indicativo na natureza de conteúdo venenoso. Então aquelas borboletas – outros insetos incluídos – laranjas, vermelhas ou amarelas estão descartadas, escolha apenas os de coloração preta, verde ou marrom.

De forma geral, que insetos posso ingerir?

Insetos [3]Os mais comuns são os piolhos, gafanhotos, abelhas, baratas, cigarras, vespas, besouros, formigas, cupins, mosquitos, moscas, borboletas, libélulas, traças e por aí vão.  São 1417 espécies de insetos comestíveis, na dúvida, procure alguma receita que especifique o inseto a ser utilizado.

Porém, mesmo se o artigo não convenceu, aproveite para se distrair com a culinária típica da época de Páscoa, como o bacalhau(o assado tradicional ou em bolinhos), ou mesmo uma sobremesa inovadora como cupcakes com Nutella.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook