Atualizado em: 5 outubro 2012

Comidas com Nomes Estranhos

Prepare um cardápio inteiro com pratos de nomes esquisitos e deixem seus amigos e familiares surpresos na hora da suas refeições.
Você Sabia?
Que a A culinária é a arte de cozinhar, ou seja, confeccionar alimentos e foi evoluindo ao longo da história dos povos para tornar-se parte da cultura de cada um. A culinária está invariavelmente associada à cozinha, pois este é o local ideal para cozinhar

Comida com nomes estranho uma boa opção na hora das refeições

A culinária portuguesa é considerada uma das com mais nomes estranhos familiares para brasileiros é claro, e se você pedir diversos pratos em restaurantes portugueses não irá ser atendido pelo garçom com nenhuma risada, pois são costumes comuns da região.

Um deles com certeza é o fator que considera que em Portugal se come e bebe muito bem, e com os prazeres da mesa sendo compartilhados existem algumas sugestões de pratos com nomes estranhos.

publicidade:

Comidas com Nomes Estranhos

Entrada

Como entrada, existe a famosa Sopa de Grelos ou Sopa Seca que se Agarra ás Costas, esta que por sua vez de maneira bastante estranha é a preferida dos mais velhos que não se importam te der algo agarrado ás costas, preferindo sempre a segunda sopa a típica chamada Beira litoral que é feita a base de feijão e pão.

Pratos Principais

Já com os pratos principais o Arroz de Pica no Chão é uma especialidade da região do extremo norte do país, feito de frango e toucinho, levando vários condimentos, pratos deliciosos porém pesados por este motivo deverão ser consumidos com moderação principalmente para quem não gosta de ficar com sono depois do almoço.

Acompanhamento

Como acompanhamentos os Caralhotas ou Cacetes são refeições sempre acompanhadas com pão, as caralhotas são pequenos pães da região de Almerin e os cacetes são comuns em todo o país, nos restaurantes são servidos dois ou três, e é como se fossem pães baguetes porém menores.

Nomes de Vinhos

Já os vinhos são classificados em diversas regiões e existem para todos os gostos, por este motivo o bom brasileiro por tradição prefere optar por um vinho mais leve e feminino, podendo optar por sabores como Monte das Abertas, um Monte dos Cabaços (Alentejo), um Quinta da Pelada (Dão) ou, talvez, uma Garrafa de Rapadas (Ribatejo). Se quiser algo mais intenso, uma boa sugestão é o Terras do Demo (Beiras).

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook