Atualizado em: 21 julho 2010

Possíveis Técnicos da Seleção Brasileira

Após a eliminação da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2010 e a conseqüente demissão do técnico Dunga, a expectativa a respeito de quem será o novo comandante do Brasil ganha maior proporção a cada dia.

publicidade:

A especulação sobre quem será o técnico deve durar até o fim de julho.

Jogar uma Copa do Mundo em casa exige também experiência do treinador e dos jogadores que ele convocar.

A seleção brasileira da Copa de 2014 será a mais pressionada da história do futebol.

A Alemanha reunida fez festa para Klinsmann pelo terceiro lugar.

Quem imagina o mesmo cenário no Brasil?

Nem mesmo 1950, com as manchetes de jornais anunciando o título na véspera e a frase famosa do discurso de Mendes de Moraes, então prefeito do Rio (”Eu prometi o Maracanã e o entreguei; agora, deem-nos a taça do mundo!”), serve de parâmetro.

No ano do Maracanazo, só tínhamos o sonho de virar potência no futebol mundial; agora, somos os pentacampeões, e o planeta espera que vençamos a Copa em casa.

O técnico do Corinthians, Mano Menezes, é o nome mais frequente na maioria das listas que apuram os possíveis substitutos de Dunga no comando da Seleção Brasileira.

Dono de uma carreira respeitada que o alçou do Caxias ao Grêmio e ao Corinthians em seis anos, Mano Menezes interessa muito à CBF.

Na verdade são só especulações, porque eles precisam aliar experiência, sangue frio e capacidade de comando já que a pressão vai ser muito maior que nesta Copa que tivemos.

Abaixo seguem os candidatos:

Mano Menezes

Corinthians

Desde 2005, conquista títulos anualmente. No Corinthians, foi campeão paulista e da Copa do Brasil, em 2009

Tem muito boa relação com a imprensa. Da escola gaúcha, seus times se destacam pela solidez defensiva. Parece ter o perfil desejado pela CBF

Contras- A ênfase mais defensiva, presente em seus esquemas táticos, parecem não condizer com aquilo que o Brasil espera de sua nova Seleção, para 2014

Muricy Ramalho

Fluminense

Tricampeão brasileiro com o São Paulo, em 2006, 2007 e 2008, se destacou e foi escolhido como melhor treinador do Brasileirão nos três anos, pela CBF

Passou pelo melhor momento de sua carreira recentemente, e teve o reconhecimento da própria CBF

Contras- Seu perfil rígido em relação à imprensa pode atrapalhar. Recentemente, declarou que pretende renovar o vínculo com o Fluminense

Vanderlei Luxemburgo

Atlético-MG

Após o Real Madrid (ESP), Conquistou títulos pelo Santos, Palmeiras e, recentemente, com o Atlético-MG.

Tem vasta experiência e muitos títulos no currículo. Passagens vitoriosas por diversos clubes.

Contras- Já passou pela Seleção, quando conquistou a Copa América de 1999. Porém, foi eliminado das Olimpíadas de 2000, o que causou sua demissão.

Dorival Júnior

Santos

Conquista títulos anuais, desde 2004. No Santos, montou uma equipe de futebol muito bonito e foi campeão paulista, em 2010

Tem feito trabalhos muito eficientes, até com equipes modestas. No Santos, comandou alguns dos que podem ser os grandes nomes de 2014, como Neymar e Ganso

Contras- Ainda é questionado pela pouca experiência em grandes clubes.

Leonardo

Sem clube

Iniciou sua carreira de técnico no Milan (ITA), mas não realizou um bom trabalho e foi demitido ao fim da temporada passada.

Tem boa relação com a CBF, desde os tempos de jogador

Contras- Com pouca experiência e um trabalho ruim no Milan, pode cometer os mesmos erros de Dunga

Luiz Felipe Scolari

Palmeiras

Após a Copa de 2002, foi treinador de Portugal, Chelsea (ING) e Bunyodkor (UZB)

conquistou uma Copa e tem vasta experiência no cenário Mundial. Além disso, é o preferido da torcida brasileira

Contras- Apalavrado com o Palmeiras, teria de dividir o cargo entre clube e Seleção. Está trabalhando fora do Brasil há muito tempo.

Até o final do mês teremos o resultado desta tão difícil escolha!

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook