Atualizado em: 24 outubro 2011

Fifa pede “novo representante do governo”

Preocupada com a imagem arranhada de Orlando Silva, entidade máxima do futebol, Fifa, dá como certo a ausência do ministro de esportes na preparação para a Copa do Mundo no Brasil.
Orlando Silva se defende das denúncias

Pressionada pela Fifa, Dilma deve afastar Orlando da organização da Copa.

Nesta sexta, a presidente Dilma Roussef deve se encontrar com o ministro Orlando Silva para escutar a sua versão dos fatos sobre a denúncia de desvio de verbas de um programa do governo federal. Só depois, a presidente do Brasil deve tomar a decisão de afastar ou não o ministro. Mas do que depender da Fifa, Orlando Silva deve ser substituído por outra pessoa indicada pela presidente.

Secretário Geral quer novo representante

Em novembro, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke vai vir para o Brasil para se encontrar com “um novo representante do governo”. “Vou ter um encontro com a nova pessoa indicada pela presidente para conduzir a Copa em nível de governo. Tenho confiança de que a presidente encontrará a pessoa certa, independentemente do que acontecer com o ministro Orlando Silva”, disse Valcke, mostrando que as denúncias de desvio arranharam a imagem do ministro Orlando Silva.

publicidade:

Na verdade, a vinda do Jérôme para o Brasil tem outro motivo. Ele e o Joseph Blatter, presidente da Fifa, vão se encontrar com os parlamentares para agilizar o processo de aprovação da Lei Geral da Copa.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook