Atualizado em: 26 fevereiro 2013

Notebook do Google: Verdade ou mito?

Você Sabia?
A Google é uma das empresas mais valiosas no mundo, com seu valor de mercado chegando a mais de US$ 249 bilhões de dólares, e foi fundada em setembro de 1998.
O Vice-Presidente de Produtos do Google, Sundar Pinchai apresenta o Notebook do Google, o Chromebook. (Divulgação/Reuters)

O Vice-Presidente de Produtos do Google, Sundar Pinchai apresenta o Notebook do Google, o Chromebook. (Divulgação/Reuters)

O gigante Google anunciou em parceria com a Samsung e com a Acer o lançamento de seu mais novo produto.

Os notebooks com sistema operacional Chrome OS já está disponível no mercado há algum tempo. Chamado de Chromebook, os aparelhos foram lançados em seis países e chegam a custar a partir de US$ 350. Estados Unidos, Reino Unido, Itália, Holanda, França e Alemanha foram os primeiros mercados que receberam o aparelho.

publicidade:

Mega Parceria

O notebook tem toda a tecnologia e fabricação da sul-coreana Samsung. Só o processador e todo o sistema d funcionamento que é do Google, o que fez muitos veículos classificarem o lançamento como mito. Especialista dizem que foi uma jogada de marketing da gigante do mundo da internet, já que quem fabrica realmente é a Samsung. O computador possui bateria com duração de oito horas, tela de 12,1 polegadas, duas cores e duas versões: um com Wi-Fi e outra com Wi-Fi e 3G.

Além da Samsung, a Acer também fabricou notebooks para o Google. O aparelho fabricado pela Acer tem tela de 11,6 polegadas e bateria com duração de 6 horas. Durante o anúncio realizado pelo Google, a empresa destacou que os notebooks carregam o sistema operacional em até oito segundos, uma imensa rapidez em relação ao que já há no mercado. O Chromebook, como é chamado, tem sistema operacional de código aberto e utiliza a “computação em nuvem” para que o usuário utilize os programas sem perder espaço na sua memória.

Não é necessário instalar os aplicativos que rodam por meio de uma conexão à internet, já que o próprio sistema do Google alimenta os programas com seu arquivo de dados. E você, continua achando que é mito? Ou se convenceu de que é verdade? Bom, na realidade o Google não fabrica os computadores. O novo Chromebook nada mais é que produto de uma parceria da empresa que fornece sua “nuvem de dados” para funcionarem nos sistemas dos equipamentos fabricados pelos parceiros.

Enfim, a grande vantagem desse modelo de notebook está na mobilidade em não precisar estar preso ao equipamento. Qualquer lugar onde você estiver e quiser, é possível acessar seus conteúdos. É mais uma plataforma de trabalho online, que não precisa de um super computador para rodar aplicativos e sistemas operacionais caros. E ai, dá pra confiar?

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook