Atualizado em: 9 fevereiro 2011

Microsoft desativa o autorun após 10 anos

screencapture004

Após mais de dez anos em diferentes versões do Windows(começando com Windows 95), a Microsoft finalmente desabilita o autorun no Windows Server 2008 e versões anteriores ao Windows 7, as únicas que ainda estavam sem opção para desabilitá-lo. O motivo é simples: para deter a propagação de worms através de dispositivos USB .

publicidade:

O autorun se converteu num nicho de malwares com o advento dos dispositivos USB, que passaram a executar automaticamente, código malicioso pelo arquivo autorun.inf, sem perguntar ao usuário. Um dos mais famosos foi o worm Conficker, que contaminou uma infinidade de computadores.

Esta atualização não afetará a funcionalidade de reprodução automática, dirigida principalmente a CDs e DVDs.

Jerry Bryant, chefe de comunicações da Microsoft, explicou a razão para essa renovação histórica:

Nós sentimos que este era o momento de promover essa troca e tentamos produzir um impacto significativo na redução da propagação de malware. Ela realmente vai nos ajudar a proteger o ecossistema. Não realizamos anteriormente pela relutância de alguns parceiros que confiaram na função de instalação de softwares que acompanham o hardware

Em qualquer caso, a partir de ontem (8), dizemos adeus a uma função que começou com o Windows 95 e cuja razão de ser foi facilitar ao usuário médio, a instalação de novas aplicações e reduzir o custo das chamadas de suporte.

Via Technet

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook