Atualizado em: 11 junho 2012

Nano-SIM: O substituto do micro-SIM

Saiba tudo sobre essa novidade que acaba de ser aprovada para uso em Smartphones.
Você Sabia?
O primeiro Celular desenvolvido no mundo, pesava cerca de 1 Kilo, e tinha 25 CM de comprimento por 7 CM de Largura. Ainda acha seu celular um Tijolão?

Nano SIM - substituto dos atuais Micro SIM.

Algo bastante comum na Tecnológica, é de que tudo que já existe, poderia ser melhor.

Essa foi a principal causa para que os já conhecidos Micro – SIM (CHIPS de celulares), ficassem parecendo velho, tecnologia passada, algo muito atrasado que não condiz com a atual situação do mundo.

publicidade:

Por isso surgiu uma ideia, originalmente sem muita pretensão, mas apoiada quase que inteiramente pela Apple, de substituir os Micro-SIM por modernos e tecnológicos Nano-SIM. Chips, tão pequenos, que fazem com que o Micro Sim parece algo primitivo e artigo de museu.

Designer:

Comparativo de tamnahos: SIM (acima) - Micro-SIM (meio) - Nano-SIM (abaixo)

com 40% menos tamanho que os atuais Micro-SIM, os Nano-SIM possuem as mesmas características internas e técnicas de seu antecessor, apenas o Designer que é inovador.

A Apple, havia entrado em uma guerra com as suas concorrentes, para que o Nano-Sim desenvolvido pela empresa fosse o padrão a seu utilizados em todos os aparelhos, mas ela não conseguiu vencer a guerra, e um formato de CHIP desenvolvida pela Nokia, RIM e Motorola foi oficialmente aprovado pelo ETSI ( instituto Europeu de Padrões de Telecomunicações – em ma tradução mais próxima). E oficialmente será inserido nos aparelhos Smartphones a partir de agora.

A quem já consiga se imaginar, retirando o Nano CHIP para realizar alguma limpeza ou algo do genero, derubando-o e nunca mais o encontrando.

O aspecto menos e mais envolto em tecnologia da um ar High Tech ao equipamento, mas seu tamanho muito minimizado pode prejudicar os usuários mais desatenciosos, que diga-se de passagem, ainda são a grande maioria.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook