Atualizado em: 15 dezembro 2010

Celulares em SP com nove dígitos

Ter um telefone celular se tornou algo fundamental na vida moderna. Há quem surte se passar um dia longe do seu aparelho celular e com isso as operadoras e empresas em geral que trabalham com telefonia adoravam essa dependência do povo brasileiro.

publicidade:

Nesse ano de 2010, mais precisamente em outubro, o Brasil ultrapassou a marca de um celular por habitante. De acordo com números divulgados pela Anatel, existem 194,44 milhões de acessos no país. Segundo dados do IBGE, a população brasileira é de 193,6 milhões de habitantes.

Para atender essa demanda que só faz crescer a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu elevar para nove os dígitos dos celulares de São Paulo como forma de evitar a escassez de números. A empresas tem até 2 anos para fazer as alterações.

O conselho diretor da Anatel chegou a avaliar a possibilidade de criar um novo código de área para São Paulo –além do 11 usado nas ligações interurbanas o órgão estudou a implantação do DDD 10. Os conselheiros da Anatel, no entanto, acabaram decidindo pela adição de mais um dígito nos números de telefone.

De acordo com a agência, a “principal razão” de adotar um nono dígito como forma de ampliar as possibilidades numéricas para os celulares é “preservar a padronização da forma de discagem utilizada pelos usuários para a realização de chamadas locais e de longa distância.”

E você, o que acha dessa mudança?

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook