Atualizado em: 25 outubro 2013

Dicas para Montar Vaso das Sete Ervas

Conjunto de ervas para manter a casa ou comércio protegido de energias negativas, olho gordo e inveja, não apenas dos outros
Você Sabia?
Que foi ano de 1596, o poeta inglês John Harington descreveu aquilo que seria hoje o vaso sanitário moderno, com descarga ou autoclismo.
download (5)

Vaso com as sete ervas protetoras perto da entrada de casa deixa o ambiente muito mais bonito

Não existe uma regra que seja rígida sobre quais são as sete espécies de plantas que são utilizadas na montagem deste vaso, com isto dependendo da região do país a forma do vaso muda, mas uma versão que é mais utilizada é a que iremos disponibilizar a seguir:

Ingredientes 

publicidade:
  • Arruda (Rutagraveolens)
  • Comigo-ninguém-pode (Dieffenbachiasp.)
  • Pimenta (Capsicumannuum)
  • Espada-de-são-jorge (Sansevieriatrifasciata)
  • Manjericão (Oncimumbasilicum)
  • Alecrim (Rosmarinusofficinalis)
  • Guiné (Petiveriaalliacea)

Como Montar

Existe ainda uma versão que é bem conhecida e substitui o comigo ninguém pode pelo trevo de quatro folhas.
Como fazer a plantação

Procure primeiramente escolher um vaso ou ainda uma jardineira que tenha um espaço suficiente para acomodar todas as suas mudas.

Em seguida procure forrar o fundo com uma camada de cascalho ou ainda cacos de telha. Faça em seguida uma segunda camada com areia para facilitar toda a drenagem de águas das regas determinadas.

Esta é a hora de colocar a mistura de terra preparada com uma parte de terra comum, uma parte de areia, e ainda uma parte de húmus de minhoca. Tudo isto deverá ser muito bem misturado e encorpado, e espalhe a mistura de terra até um pouco mais da metade da altura.

Em seguida procure retirar as mudas das embalagens e procure as ajeitar nos vasos. Complete o restante desta mistura de terra e ainda faça uma boa rega, até que a água possa começar a escoar pelos furos de drenagem.

As ervas por sua vez precisam ficar em um lugar que tenha uma boa luminosidade, apesar disto longe do sol direto. Depois de três ou quatro dias você irá precisar as colocar em um lugar que possa receber em torno de seis horas de luz solar direta diariamente.

Todas as regas deverão ser cuidadosas, mantendo assim o solo sempre úmido porém nunca encharcado, e procure ainda regar sempre que a camada superficial estiver seca.

Para que possa manter as plantas fortes e sadias procure as adubar mensalmente com húmus de minhoca ou ainda uma mistura de farinha de ossos e ainda torta de mamona.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook