Atualizado em: 29 fevereiro 2012

Rodízio SP 2012: Datas, Tabelas e Restrições

Rodízio SP 2011: Confira mapas, tabelas e informações sobre o Rodízio de Veículos no Grande São Paulo.

Tabela do Rodízio em SP 2012

A tabela abaixo refere-se a proibição de transitação dos veículos cujo final da placa.

Dia da semana

Final da Placa

Segunda-feira

1 e 2

Terça-feira

3 e 4

Quarta-feira

5 e 6

Quinta-feira

7 e 8

Sexta-feira

9 e 0

De acordo com o final de placa e dia da semana (veja a tabela acima), os veículos não poderão circular nas ruas e avenidas internas ao chamado mini-anel viário, inclusive (área delimitada pela linha cor de laranja no mapa abaixo), das 7h00 às 10h00 e das 17h00 às 20h00.

Onde funciona o Rodízio em SP

Art. 3º O Programa abrange a área compreendida no Centro Expandido ( mini anel viário ), conforme Anexos I – Relação das Vias e II – Mapa, integrantes deste Decreto, e é delimitada pelas seguintes vias, inclusive: Marginal do Rio Tietê, Marginal do Rio Pinheiros, Avenida dos Bandeirantes, Avenida Afonso D’ Escragnole Taunay, Complexo Viário Maria Maluf , Avenida Presidente Tancredo Neves, Avenida das Juntas Provisórias,
Viaduto Grande São Paulo, Avenida Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Avenida Salim Farah Maluf.

Os veículos que não são obrigados a respeitar o Rodízio de Veículos estão listado no artigo 5º, veja abaixo:

Art. 5º Excetuam-se da proibição de circulação de que trata este Decreto os seguintes
veículos:
I – de transportes coletivo e de lotação, devidamente autorizados a operar o serviço;
II – motocicletas e similares;
III – táxis
IV – de transporte escolar;
V – guinchos
VI – outros, empregados em serviços essenciais e de emergência, assim considerados, para
os fins deste Decreto:
a) ambulâncias
b) policiamento, corpo de bombeiros, defesa civil e veículos militares devidamente
identificados como tais;
c) serviço funerário, água, luz, telefone, gás, trânsito, coleta de lixo e correio, devidamente
identificados como tais;
d) transporte de combustível e insumos diretamente ligados a atividades hospitalares;
e) transporte de sangue e derivados, de órgão para transplante e de materiais para análise
clínicas;
f) transporte de material necessário a campanhas de saúde pública;
g) transporte de combustível aeronáutico e ferroviário;
h) transporte e segurança de valores;
i) órgão da imprensa;
j) dirigidos por pessoas portadoras de deficiência ou por quem as transportem.

Implantado em 1997 com o propósito original de melhorar as condições ambientais reduzindo a carga de poluentes na atmosfera, sua função principal logo passou a ser a de reduzir o congestionamento nas principais vias da cidade nos horários de maior movimento.


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook