Atualizado em: 1 setembro 2011

Apple perde outro iPhone em um bar

Depois do fiasco da perda do protótipo do iPhone 4, a Apple, de novo, perde o protótipo do iPhone 5, também em um bar. Fiasco ou jogada de marketing?

Bar Cava 22 onde o protótipo do iPhone 5 foi perdido

Semanas antes da Apple apresentar seu novo iPhone 5, provavelmente entre os meses de setembro e outubro, a empresa da maçã perdeu outro protótipo do telefone em um bar. De novo? Que coincidência!

publicidade:

Conforme relatado no site de notícias tecnológicas CNET, citando fontes da investigação, o aparelho desapareceu em um bar de San Francisco em julho passado, e teria sido vendido no portal de classificados Craigslist por meros 200 dólares.

A empresa, agora liderada por Tim Cook, após a demissão de Steve Jobs, não fez nenhuma declaração sobre a suposta perda, mas não negou a notícia.

No entanto, fontes citadas em diversos sites norte-americanos, afirmam que há poucos dias do assunto se tornar público, representantes da Apple entraram em contato com a polícia e alegaram que o protótipo teria um valor inestimável, e que eles estavam “desesperados” para obtê-lo de volta, em segurança.

Bar Cava 22

O site CNET acrescenta que a Apple tentou rastrear o aparelho e conseguiu localizá-lo em uma casa em Heights Bernal, um dos bairros de San Francisco.

O inquilino, que admitiu haver estado no bar Cava 22 na noite onde o aparelho desapareceu, permitiu que a polícia procurasse por ele no interior da casa, mas não encontraram nada . Além disso, representantes da Apple lhe ofereceram uma recompensa, mas ele disse que não tinha o telefone.

Se confirmada a notícia, seria a segunda vez em 18 meses que a Apple perde um de seus protótipos. Um verdadeiro #epicfail. Na ocasião anterior, foi o iPhone 4 que terminou nas mãos do site Gizmodo, especializado em tecnologia, que pagou por ele a quantia de 5 mil dólares.

Mais um exemplo da Lei de Murphy em ação, ou apenas uma jogada de marketing? O que você acha?

Fonte: CNET

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook