Atualizado em: 10 outubro 2011

Protetor Solar: Como escolher o melhor

Por Keyla Leão

publicidade:

Hoje em dia, cuidar da pele não é somente para quem tem pele muito clara ou pra quem já possui alguma doença. É também sinônimo de uma vida tranqüila e sem preocupações futuras.

Além de uma boa hidratação e hábitos saudáveis, deve-se ter o cuidado com os raios emitidos pelo sol, que são prejudiciais à saúde quando recebidos em excesso. Para isso, o uso de protetor solar (ou filtro solar) é imprescindível.

Existem dois tipos de filtro solar: o químico e o físico.

O químico atua filtrando os raios ultravioletas e impedindo-os que atinjam a pele, sendo mais utilizado devido a sua praticidade de aplicação. O filtro físico protege criando uma barreira e formando uma película na pele que reflete a luz solar. É menos utilizado devido a sua difícil aplicação, mas oferece menor risco de alergia.

Todo filtro solar possui uma numeração que determina o seu Fator de Proteção Solar (FPS), variando de 15 até 60. Essa numeração indica que, quanto maior o número, maior a proteção. Vale ressaltar que por maior que seja a proteção oferecida pelo filtro solar, deve-se evitar exposição da pele das 10:00 as 15:00 horas, período em que se tem uma maior incidência da radiação ultravioleta.  Quando se trata da pele, o indicado é que quanto mais clara for a pele, maior deve ser o FPS, mesmo que a diferença de filtração realizada por eles seja pequena.

A escolha do FPS deve ser feita levando em consideração o tom de pele e a proteção que lhe é oferecida, sendo indicado o uso do FPS 15 no mínimo, aplicando o filtro 20 a 30 minutos antes da exposição a luz solar e reaplicando a cada 2 horas. Se após o uso do filtro solar sua pele ficar avermelhada, isso indica falha na escolha do FPS, deve-se então escolher um FPS mais alto para garantir uma proteção eficaz. Indica-se a ida ao dermatologista, para melhor escolha do FPS. O que se deve saber, é que é necessário somente 20 minutos semanais de exposição ao sol.

Deve-se se chamar a atenção principalmente para idosos, crianças e gestantes. É imprescindível o uso de protetor solar por gestantes, devido ao aumento da melanina (melanogênese), ocasionando manchas na pele que podem ser agravadas pela radiação solar.

Quando se trata de aplicar protetor solar em criança é sempre mais complicado, mas a criança necessita ainda mais da proteção contra os raios ultravioletas, pois ficam mais expostas do que a maioria dos indivíduos. Na escolha do protetor ideal para a criança, devem-se preferir marcas conhecidas e especializadas em linha infantil, pois possuem composições específicas para uma pele mais fina e delicada, ressaltando que protetores coloridos possuem o mesmo efeito dos sem cor.

Não muito diferente de gestantes e crianças, os idosos necessitam ter um maior cuidado com sua pele. Devido ao envelhecimento natural, por já ter recebido radiação durante toda sua vida, o idoso deve redobrar sua proteção, evitando possíveis complicações por possuir uma pele mais fragilizada.

O protetor solar pode ser facilmente encontrado em farmácias, supermercados, lojas de cosméticos, catálogos e na internet. O seu valor varia de R$15,00 até R$200,00, seu preço é determinado de acordo com sua quantidade, seu fator de proteção e sua composição, como proteção contra raios UVA e UVB, protetor solar hipoalergênico (que normalmente não provocam alergias), protetor solar livre de PABA (substância com alto poder de causar alergias), protetor livre de óleo ou “oil free” (não contém substâncias oleosas) e protetor não comedogênico (evita a formação de cravos e espinhas). Podem ser encontrados em spray ou convencional, sendo o spray mais refrescante, elevando assim o seu custo.

Cuide da pele dos seus filhos, dos seus avós, da pele de quem ainda irá nascer e principalmente da sua. A luz solar é de extrema importância para nossa saúde, mas em excesso pode causar danos irreversíveis.

Lembre-se, não se deve ignorar o modo de usar contido na embalagem do protetor solar, o perigo mora aí. Leia atentamente suas indicações e contra-indicações, seu modo de usar e procure o FPS mais indicado para você.

“Filtro solar que protege não deixa queimar. Filtro solar que deixa queimar não protege.”

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook