Atualizado em: 9 abril 2013

História da Maquiagem: Origem e Curiosidades

Os pincéis de maquiagem são essenciais para qualquer mulher que deseja obter um resultado profissional em sua produção.
Você Sabia?
Que o uso de maquiagem era privilégio de reis, cortesãos e aristocratas, que apreciavam principalmente o pó-de-arroz e pomadas coloridas que serviam para pintar os lábios.
olhos_cleopatra

Maquiagem esta presenta na vida de muitas mulheres

A maquiagem é algo presente na vida da maioria das mulheres, quase um item obrigatório para algumas delas. Batom, lápis, sombra, blush, rímel, são alguns dos componentes presentes para realçar o que há de melhor no rosto feminino. Conheça um pouco da história da maquiagem.

Origem e Curiosidades

A maquiagem tem origem no Egito Antigo, por volta de 3000 a.C. por meio do Kohl. Este é considerado uma arte dessa civilização, consiste em um pigmento preto, que atualmente ainda é usado como sombra. Cleópatra com seus olhos bem marcados de preto é um exemplo do uso da maquiagem.

publicidade:

Mas a maquiagem entrou em baixa com a queda do império Romano, por volta do século V depois de Cristo. Todos os produtos usados foram abandonados na maior parte da Europa durante a Idade Média, a religião tinha mais força que a vaidade. A maquiagem volta a moda e com força no século XV, com França e Itália como principais produtoras e divulgadoras dos produtos. Maquiagem neste período era algo exclusivo para reis, cortesãos e aristocratas, ou seja, apenas a nobreza. O item mais apreciado por eles é o pó de arroz, pomadas coloridas que serviam como batom.

A maquiagem e todos os artefatos que a compõe se tornaram populares apenas no século XVIII, e mesmo assim não era bem aceito em alguns países. A Inglaterra era um deles, as mulheres mais conservadoras não usavam por considerá-los vulgares e associados a hábitos sem respeito. Esse pensamento durou até o início da década de 1920, e com o fim dele a maquiagem ganhou o impulso e popularidade mundial que faltava.

Cores

As cores das primeiras maquiagens primitivas são de origem curiosa, e algumas usadas até hoje. O vermelho das maquiagens na idade antiga eram feitos com óxido de ferro, tirado de rochas moídas. Para a tonalidade preta eram usados compostos contendo elementos básicos, como carvão, cinzas e fuligem. Já o verde era obtido de um minério chamado malaquita, que tem coloração esverdeada. A matéria prima para o amarelo e ocre, era obtido através da argila.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook