Atualizado em: 19 outubro 2011

Coolsculpting: Tratamento de redução de gordura

O Coolsculpting é uma nova técnica utilizada na remoção de gordura localizada através do resfriamento, chegando a eliminar até 20% da gordura da região escolhida. Por enquanto, o Coolsculpting está disponível em apenas 8 unidades no Brasil.
Nova técnica Coolsculpting

O Coolsculpting é ideal para aqueles que querem se livrar dos indesejáveis excessos e pode ser aplicado em diferentes partes do corpo, podendo eliminar até 20% da gordura da região onde foi aplicada. (Foto: Shutterstock)

Quem nunca quis estar com o corpo em forma sem precisar de muito esforço. Praticar exercícios fervorosamente ou realizar dietas rígidas e loucas não deixam ninguém feliz. Emagrecer e perder aquelas gorduras localizadas nunca foi tão fácil com o novo recurso de redução de gordura, o Coolsculpting.

O Coolsculpting é um recurso que tem sido muito procurado, está presente em mais de 40 países e chegou ao Brasil há pouco tempo. Com o tratamento disponível no Brasil, muitas pessoas estão procurando o seu dermatologista para procurar saber mais sobre essa técnica espetacular. Com essa técnica de última geração, o paciente pode eliminar mais de 20% da gordura na região trabalhada, com uma única sessão. Assim como o aparelho Manthus, o Coolsculpting é ideal para aqueles que querem se livrar dos indesejáveis excessos e pode ser aplicado em diferentes partes do corpo, principalmente nas áreas da barriga, costas e pneuzinhos. Além disso, o paciente retoma suas atividades no mesmo dia, normalmente.

publicidade:

Sobre a Técnica Coolsculpting

O Coolsculpting nada mais é do que um tratamento inovador que reduz a gordura localizada através do frio, ou seja, células de gordura são eliminadas através deste método seguro e eficaz e indolor, por não ser uma técnica invasiva, sem cortes ou sem precisar de anestesias. É perfeito para quem quer perder barriga e já tentou de tudo, o Coolsculpting era o que faltava na sua vida.

[share]Dentre todos os tratamentos de redução de gordura localizada, o Coolsculpting foi o primeiro tratamento sem cirurgia ou sem ser invasivo que foi aprovado pelo FDA (Food and Drug Administration). O equipamento age através do resfriamento controlado de regiões específicas, com gordura localizada. O equipamento conta com diferentes tamanhos de aplicador, isso irá depender da área que será tratada. Com apenas uma sessão do Coolsculpting é possível perder de 20% a 25% da gordura que foi selecionada.

O procedimento

O Coolsculpting age atacando somente as células de gordura da região do corpo que for selecionada. Ao escolher a região a ser tratada, o médico posiciona o aplicado e o aparelho puxa e segura a gordura entre os dois painés, resfriando automaticamente por cerca de uma hora. É importante ressaltar que o resfriamento não irá afetar a epiderme e nenhum outro órgão, pois a pele é protegida por uma película de gel que é colocado durante a sessão.

procedimento coolsculpting

As membranas das células de gordura do local são danificadas, estado que as leva automaticamente a autodestruição ou apoptose, morrendo em seis ou oito semanas. (Foto: Divulgação)

Quando a área escolhida é “congelada” com o aplicador, as membranas das células de gordura do local são danificadas, estado que as leva automaticamente a autodestruição ou apoptose, morrendo em seis ou oito semanas. Após isso, a gordura é liberada aos poucos pelo sistema linfático e acaba sendo metabolizada pelo fígado, sendo eliminada de maneira natural, sem provocar nenhum dano ao organismo. O resultado do Coolsculpting pode ser acentuado se o paciente realizar uma alimentação balanceada e praticar exercícios físicos regularmente.

Por enquanto, só existem oito unidades do Brasil que possuem o equipamento. Conheça no vídeo abaixo, mais informações sobre essa nova tecnologia para quebrar a gordura localizada sem cirurgia.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook