Atualizado em: 17 dezembro 2013

Botox pode acabar com a (Hiperidrose) transpiração nas axilas?

Saiba que o tratamento de hiperidrose nas axilas com Botox é rápido, eficaz e sem maiores complicações, portanto veja sobre o procedimento abaixo.
Você Sabia?
Que o botox surgiu nos anos 80 como uma maneira de aliviar as rugas de expressão do rosto e pescoço.
suor-homem

A hiperidrose pode ocorrer também com frequência nos pés

Também conhecida como Hiperidrose, o problema poderá ser conhecido como um tipo de sudorese que ultrapassa toda a necessidade de controles de temperatura corporal. O problema nada mais é do que um excesso de suor desagradável uma ou ainda em várias partes do corpo.

É uma condição de saúde benigna, mas que definitivamente poderá gerar um intenso impacto em toda a sua qualidade de vida para seus portadores.Esta é uma doença que atinge pelo menos 1% da população mundial. Certamente qualquer pessoa possui alguém em seu círculo familiar ou ainda profissional ou com seus amigos alguém que tenha o problema de hiperidrose.

publicidade:

Tipos de Hiperidrose

A hiperidrose acaba atingindo principalmente as axilas, as mãos e também os pés, mas poderá atingir também a fase principalmente na testa e o couro cabeludo além do tórax, a nuca, a região sob as mamas, e qualquer outra região do corpo.

Hiperidrose Axilar

Esta variação da doença nada mais é do que um processo de suor das axilas que poderá acontecer de forma excessiva. Este problema gera danos na qualidade de vida, e os pacientes se queixam sempre de problemas de roupas manchadas em excesso e um aspecto de má higiene tudo o que for necessário para o trabalho poderá ficar prejudicado.

Tratamento

O tratamento utilizado para a hiperidrose axilar é a base de medicamentos, bem como Toxina Botulínica e a Simpatectomia.
Uma das melhores alternativas para o tratamento da hiperidrose axilar é o Botox. Esta aplicação na palma das mãos, nas axilas ou mesmo em outros locais acaba eliminando definitivamente o suor.

O processo é realizado sem internação nos ambientes de consultório médico, e o paciente poderá ainda retornar as suas atividades normais no mesmo dia. Os tratamentos com a toxina botulínica não é algo definitivo, mas toda a reaplicação poderá ser feita em média de seis a 12 meses dependendo do caso tratado.

Vídeo de Tratamento com Botox

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook